Futebol/Eliminatórias Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Com Ibra, Suécia ensaia pênaltis e prevê “drama até o fim” contra lusos

Estocolmo (Suécia)

Derrotada por 1 a 0 no jogo de ida da repescagem das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014, a seleção sueca finalizou, nesta segunda-feira, os seus preparativos para voltar a pegar Portugal por um lugar no Mundial do Brasil – Zlatan Ibrahimovic esteve em campo. E, como não poderia deixar de ser, o treinador Erik Hamrén comandou um treinamento especial de cobranças de pênalti já imaginando uma disputa na marca da cal ao fim dos 90 minutos. Para que isto aconteça, basta que os nórdicos repitam o placar do primeiro confronto, disputado em Lisboa.

“Sim, treinamos (cobranças de penalidades). Os jogadores que costumam bater não precisam de mais treino, mas os que não o costumam fazer participaram da atividade. Portanto, sabem como deverão correr para a bola... mas é preciso saber que isto é, acima de tudo, uma questão mental", admitiu o comandante sueco, em entrevista coletiva logo após os trabalhos realizados na Friends Arena, local do jogo desta terça-feira, às 16h45 (de Brasília).

O jogo de ida, disputado no Estádio da Luz, na última sexta-feira, em Lisboa, acabou com vitória portuguesa por 1 a 0, com gol marcado por Cristiano Ronaldo. Diferente do que se podia imaginar, porém, os lusos não partiram para cima dos suecos, que jogaram recuados durante todo o confronto e só assustaram a meta dos mandantes no início do primeiro tempo.

AFP
Sumido no primeiro jogo, Zlatan Ibrahimovic tem a missão de liderar a Suécia contra Portugal por uma vaga na Copa

Para Hamrén, no entanto, tal situação deve se inverter no duelo desta terça. Assim, a seleção sueca não pode atacar Portugal de maneira desorganizada, pois pode sofrer um gol que praticamente liquidaria com as chances de um lugar na Copa do Mundo – se os lusos balançaram as redes, a Suécia será obrigada a fazer três gols para carimbar o passaporte ao Brasil.

“Nossa atenção será com a marcação. Eles podem administrar mais o resultado, por que têm uma clara vantagem. Portugal tem uma boa equipe, com individualidades que podem decidir o jogo e por isso não podemos partir de forma desenfreada para o ataque desde o início do encontro. Eles podem nos punir”, alertou, antes de também receitar mais agressividade aos seus comandados no duelo que será realizado em Estocolmo.

“Espero um jogo muito difícil e com drama até ao apito final. Em Lisboa, defendemos, mas temos de fazer melhor quando tivermos a bola, porque fomos muito atacados, em especial na segunda parte. Se agredirmos um pouco mais, estaremos próximos de marcar”, declarou o treinador, que, na entrevista coletiva desta segunda, foi acompanhado pelo meia Kim Kallstrom.

O jogador do Spartak Moscou, aliás, destacou a força coletiva da Suécia. “Pensam que somos só Ibrahimovic, mas se continuarem assim ,vão ter a vida complicada, porque temos verdadeiramente uma equipe”, disse o meia, que deverá entrar em campo na partida desta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), na Friends Arena, em Estocolmo (Suécia). Portugal triunfou no jogo de ida por 1 a 0 e, com isto, pode perder por até um gol de diferença – caso balance as redes – para garantir vaga na Copa do Mundo de 2014. Um novo 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

AFP
O técnico Erik Hamrén pediu inteligência e organização para a Suécia vencer os portugueses sem sofrer gols

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade