Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Com rebaixamento perto, Adaílton pede foco na Sul-americana na Ponte

Campinas (SP)

Em busca de garantir permanência na elite do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta ficou em situação mais delicada ao empatar por 1 a 1 com o Grêmio, neste domingo, no estádio Moisés Lucarelli. O resultado deixou o time alvinegro com ainda mais chances de ser rebaixado para segunda divisão, podendo cair antecipadamente na próxima rodada. Entretanto, o atacante Adaílton afirmou que o foco da equipe campineira não está na competição nacional, e sim na Copa Sul-americana.

“Agora o foco é outro. Sabemos que será um jogo muito difícil contra o São Paulo. Ganhamos a primeira partida, mas se não entrarmos ligados, podemos sofrer. Entraremos em campo focados em fazer um grande duelo e conquistar essa vaga na final”, afirmou o atleta, que marcou o gol no empate com o time gaúcho.

Com o resultado obtido no último final de semana, o clube alvinegro permaneceu na 19ª colocação na tabela de classificação do Brasileiro, agora com 36 pontos. Faltando duas rodadas para o término da competição, a Ponte Preta precisa triunfar diante de Portuguesa e Internacional, e ainda torcer para Fluminense e Coritiba, ambos com 42 pontos, serem derrotados nos jogos finais. Além disso, o Vasco, com 41 pontos, não poderia somar mais do que um ponto.

Na Copa Sul-americana, por sua vez, o time campineiro disputa as semifinais, onde venceu o primeiro confronto com São Paulo por 3 a 1, no Morumbi. O duelo decisivo ocorre nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Romildão, em Mogi Mirim. A equipe alvinegra garante vaga na final até mesmo em caso de derrota por 2 a 0, enquanto o clube tricolor precisa triunfar por três gols de diferença ou placar superior a 4 a 2. Em caso de vitória por 3 a 1 dos visitantes, o confronto irá para os pênaltis.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade