Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Corintianos vivem clima de férias, mas falam em jogar por Tite

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Acabar 2013 é um fardo para a maior parte dos jogadores do Corinthians, com um indisfarçável clima de quase férias no CT do Parque Ecológico. Nem Tite, que sabe que não ficará no próximo ano, observa as atividades com a habitual maníaca atenção ao mais reserva dos reservas.

A programação original para quarta-feira previa treino em dois períodos. Como o time já não briga por nada no Campeonato Brasileiro, tudo se resolveu pela manhã, com os atletas liberados para o resto do feriado. Eles só se apresentam de novo às 16h de quinta, para riscar mais um dia do calendário.

Até as entrevistas – quando não giram, por exemplo, em torno da cor das chuteiras – mais projetam 2014 do que envolvem as partidas a ser disputadas em 2013. Quando elas são mencionadas, os jogadores citam a responsabilidade de terminar a temporada e a era Tite com dignidade.

Divulgação/Agência Corinthians
O clima nos treinos do Corinthians não tem sido o da "intensidade" pregada por Tite (foto: Daniel Augusto Jr.)
“A gente tem que ganhar esses três jogos por ele, jogar por ele”, afirmou o lateral Igor, cuja presença na sala de imprensa ilustra bem o fim de ano alvinegro. “A gente não vai baixar a guarda nunca. Esses jogos vão servir para continuar o trabalho. Depois a gente pensa em descansar.”

“É questão de honra e respeito pela torcida. Não sei se matematicamente existe chance de Libertadores, mas vamos trabalhar para terminar o ano de cabeça erguida”, comentou o volante Guilherme. Faltam três longas semanas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade