Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Coritiba se mostra satisfeito por ponto conquistado em Caxias do Sul

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba arrancou um ponto após o empate sem gols diante do Internacional, em Caxias do Sul, mas segue lutando contra a zona de rebaixamento, agora com apenas duas partidas pela frente para escapar da Série B. O volante Chico, que reapareceu na equipe em sua posição de origem após um período fora, saiu de campo esgotado, mas com sentimento de missão cumprida por ora.

“Fazia um mês que eu não estava jogando, ainda mais de volante, que corre mais. Mas vale a superação nessa hora, tem que vencer o cansaço, as dificuldades, para deixar o Coritiba na primeira divisão”, disse o jogador, que garante que o clima é de confiança no Alto da Glória. “É importante não perder, sabemos da força do Inter em casa. O ambiente é outro, a gente se uniu com o Tcheco e a responsabilidade é toda nossa. Nós jogadores podemos tirar o Coritiba dessa”, emendou.

O meia Alex, sempre comedido em suas declarações, não chegou a reclamar do resultado, mas lembrou que tropeços anteriores deixaram a situação delicada, especialmente faltando tão pouco para o final da competição. “O ruim não foi o ponto de hoje. O ruim foram as derrotas para o Corinthians e Criciúma no Couto Pereira. Agora vamos buscar contra Botafogo e São Paulo. Temos seis pontos e temos que somar”, avaliou.

Estreando no cargo de técnico, ainda que de forma interina, Tcheco gostou do resultado, já que espera um clima melhor e jogadores mais tranquilos para definir a permanência. "Foi um bom negócio, pois somamos o ponto. Resgatamos a autoestima dos jogadores e agora vamos decidir em casa com o apoio da torcida", concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade