Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Coxa se mostra conformado com ponto somado diante da Lusa

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O empate sem gols não era o resultado esperado pelo Coritiba em um duelo direto com a Portuguesa, na luta para fugir do fantasma do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, mas pelo futebol sem brilho algum mostrado em campo, o ponto conquistado, que não resolveu nada, não foi tão ruim para o Alviverde. O volante Júnior Urso se mostrou conformado, especialmente pelo segundo tempo apático do Coxa.

“Levando em conta o segundo tempo, que foi de pressão da Lusa, com grandes chances, o ponto tem que ser valorizado, vai nos ajudar”, afirmou o jogador, já projetando a partida diante do Corinthians, no Couto Pereira. “Agora é vencer em casa, onde estamos sendo mais fortes nesse segundo turno”, acrescentou.

Já o Vanderlei lembrou que se o time não conseguiu avançar, a Lusa também não, seguindo atrás na classificação. “A gente precisava da vitória para sair de vez de perto da zona de rebaixamento. Mas a Portuguesa era concorrente direto. Não tomamos gols, somamos um ponto e temos dois jogos em casa para vencer e sair dessa situação”, disse.

Voz dissonante, o meia Alex acreditava em uma vitória, desde que o time se apresentasse um pouco mais para a partida, e não escondeu sua insatisfação por mais uma atuação abaixo da média. “A gente tem que tentar vencer, para conseguir somar os pontos para a permanência. Levamos um ponto, seguramos a Portuguesa, mas em termos de atuação não foi nada legal. Se jogássemos um pouco mais, teríamos condições de somar os três pontos”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade