Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cuca aprova exibição ante o Inter e já pensa na equipe contra a Lusa

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Cuca gostou da exibição do Atlético-MG na vitória contra o Internacional, nesta quinta-feira, no Independência. O treinador afirma que o time alvinegro foi bem até os 30 minutos do segundo tempo, impondo o ritmo da partida e dominando as ações, situação que só foi alterada com a pressão do Colorado nos minutos finais.

“Eu acho que nós fizemos grande jogo até os 30 minutos do segundo tempo, quando o jogo foge um pouco da parte tática e o Internacional teve maior posse de bola no ataque. No primeiro tempo, nós nos impusemos. No segundo tempo, também. Fizemos um jogo bem jogado, o Inter veio com proposta de velocidade. Tinha que tomar cuidado com o contra-ataque”, analisou.

No domingo, o Galo vai visitar a Portuguesa, e Cuca já tinha a ideia de armar a equipe sem um centroavante, o que agora obrigatoriamente terá que ser feito já que Jô serve a Seleção Brasileira e Alecsandro recebeu o terceiro cartão amarelo ante o Colorado. O treinador atleticano garante que tem opções para escalar a equipe, mas elogia Alecsandro.

“O Alecsandro fez uma boa partida, o gol, mas tomou o amarelo. Não tem mais o nome de referência. Mas a gente tem o Berola, que joga pelo lado, tem o Dátolo. Vamos respeitar o repouso e a recuperação do atleta, temos que pesar bem para fazer um bom jogo contra a Portuguesa”, disse Cuca, que revelou preocupação com Marcos Rocha, Luan e Guilherme, que deixaram o campo lesionados.

“O Guilherme, infelizmente, tem tido lesões. É um menino esforçado, bom, mas ele tem tido essas lesões. Não sei a causa especifica, mas vamos ver e torcer para que seja uma coisa rápida, porque ele é importante para nós”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade