Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Danilo Bueno sabe da dificuldade em evitar queda, mas exige respeito

São Caetano do Sul (SP)

Sem vencer há quatro jogos, o São Caetano precisa de um milagre para escapar do rebaixamento. Apesar da situação complicada, o meio-campista Danilo Bueno garantiu que a equipe continuará com foco total até o final da competição mesmo que a queda seja decretada com rodadas de antecedência.

“Precisamos ter respeito com a camisa do São Caetano. Vamos entrar nestes últimos três jogos para terminar a Série B de forma digna. Precisamos ter profissionalismo também, pois outras equipes dependem dos nossos resultados”, declarou Danilo.

Para garantir sua permanência na Série B do Campeonato Brasileiro, o São Caetano precisa vencer seus três últimos duelos (Joinville, América e ASA-RN) e ainda torcer por uma série de resultados.

Destaque da equipe no início do ano, Danilo teve o desempenho comprometido após uma série de lesões. Prejudicado, o atleta lamenta não ter disputado todo o campeonato e também comenta que faltou sorte para o grupo.

“Infelizmente as contusões me atrapalharam muito e não consegui ter uma sequência boa de jogos na segunda parte do campeonato. Com relação ao time, as coisas não aconteceram para nós este ano. Em vários jogos fomos superiores e o resultado não veio, deu tudo errado”, analisou.

Com mais um ano de contrato, o meia não se mostrou preocupado em jogar a Série C e a Série A-2 do Campeonato Paulista e já manifestou seu interesse em continuar defendendo o Azulão, mas afirmou que ainda definirá a situação com a diretoria.

“O São Caetano é uma grande equipe e não vejo nenhum empecilho para atuar nestas competições pelo clube. Vou esperar acabar este ano e sentar com a diretoria para discutirmos o futuro. Gostaria de permanecer e ajudar o Azulão a voltar à elite do Paulistão”, concluiu o atleta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade