Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

De volta como campeão, Palmeiras trata nova queda como lição

São Paulo (SP)

Os festejos dos jogadores, da comissão técnica e de parte da torcida do Palmeiras após o título da Série B do Campeonato Brasileiro foram com parcimônia. Todos sabem que, depois de viver pela segunda vez a experiência da segunda divisão nacional, os próximos anos não podem ser iguais.

"A gente sabia que teríamos vários obstáculos, mas tiramos de letra e nos sagramos campeões com duas rodadas de antecedência. Mas não poderíamos era ter caído, espero que sirva de lição", disse o volante Márcio Araújo, um dos remanescentes da campanha do rebaixamento.

"Tudo aquilo com que a gente se comprometeu era para voltar, não poderíamos errar. Imagine o Palmeiras na segunda divisão no (ano de seu) centenário? Seria triste para todo mundo. Agora começa 2014, é preciso pensar no futuro", receitou o técnico Gilson Kleina, que, assim como parcela do elenco, não tem garantia de que seguirá no clube.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Nem todos jogadores campeões fizeram parte da campanha do rebaixamento à Série B, na temporada passada
Quem certamente estará no Palmeiras a partir de dezembro é Paulo Nobre. O presidente do clube tem mais um ano de mandato e promete esforços por melhores motivos para se comemorar, embora valorize a conquista da Série B por conta da dificuldade enfrentada por elenco e comissão técnica.

"Quando você se elege presidente de um clube como o Palmeiras, tem que focar no trabalho e abrir mão de absolutamente quase tudo na sua vida. Vamos pensar em algum tipo de comemoração em 2015. Até lá, vamos deixar isso para a torcida e os jogadores, que merecem e formaram um grupo muito brioso", disse.

Responsável direto pelo planejamento, Nobre tem trabalhado com frieza, segundo ele, depois de herdar uma lição da gestão anterior. "Mas não achei que fosse ser diferente. Subimos, ganhamos o título e agora temos que preparar todo o ano de 2014", reconheceu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade