Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Derley pede desculpa e fala em recuperar Náutico "aguerrido"

Belo Horizonte (MG)

O volante Derley pediu desculpa à torcida do Náutico após a confirmação do rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Bastante identificado com o clube, ele lamentou a péssima campanha e a degola definida matematicamente com mais de um mês de antecedência.

“Não tem nem o que dizer. Não fomos rebaixados no jogo de hoje”, afirmou o volante, logo após a derrota por 5 a 0 para o Atlético-MG. “Muitas coisas não aconteceram da maneira que a gente esperava. É lamentável, uma situação triste para caramba. Não tem nem o que dizer para o torcedor, é pedir desculpa.”

Derley estava no grupo do Náutico que foi rebaixado no Nacional de 2009. A equipe conseguiu o retorno com o vice-campeonato da Série B de 2011, mas resistiu apenas uma vez a um novo rebaixamento. Agora, o clube junta os cacos para tentar uma nova recuperação.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
A derrota para o Atlético-MG confirmou matematicamente o que já estava sacramentado na prática
“É procurar levantar a cabeça e tentar fazer um trabalho melhor no ano que vem. Já fomos capazes uma vez. Vamos fazer do Náutico o que sempre foi: um time vitorioso, aguerrido, com raça. Mas agora é só pedir desculpa ao torcedor”, repetiu o volante alvirrubro.

Além de reconhecer a queda, o time ainda tenta mostrar dignidade nas seis rodadas do Brasileiro que disputará já com o carimbo da Série B. “Temos seis jogos ainda, seis batalhas pela frente. Temos que honrar a camisa do Náutico até o final”, resignou-se Derley.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade