Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Desesperado, Atlético-GO faz ‘jogo do ano’ contra Oeste em Itápolis

Itápolis (SP)

Encarado pelos jogadores do Dragão como “jogo do ano”, o confronto deste sábado entre Oeste e Atlético-GO, às 17h20 (de Brasília), no Estádio dos Amaros, traz duas equipes ainda ameaçadas de rebaixamento no Campeonato Brasileiro Série B. A duas rodadas para o fim da competição, uma combinação de resultados pode decretar de vez o descenso dos goianos, que ocupam a 18ª colocação, com 38 pontos.

Caso o Atlético-GO perca seu jogo, e o Guaratinguetá derrote o Paraná Clube, a queda do Dragão para a Série C será matematicamente sacramentada já neste sábado. Por outro lado, uma vitória pode trazer um respiro ao clube, para tentar escapar da degola na derradeira 38ª rodada, a ser disputada na próxima semana.

Para os jogadores, o duelo contra o Oeste é a última chance de se recuperar. Vencer as duas próximas partidas é essencial e qualquer outro resultado seria desastroso para o time, que no ano passado disputou a primeira divisão nacional. O grande desafio é que, na Série B deste ano, com 36 jogos disputados, o Atlético-GO ainda não conseguiu emplacar duas vitórias consecutivas.

“O que passa na cabeça é fazer o melhor possível no sábado. Temos que esquecer os outros jogos e pensar apenas na nossa partida. Depois sim, a gente observa os demais jogos e até torce contra os adversários. Pra mim e acho que paro resto do time também, é o jogo do ano, porque sabemos que se não vencermos esse jogo, o próximo vai ser apenas para cumprir tabela”, declarou o jovem meia Fábio Lima, de 20 anos, à Rádio 730.

Apesar de ainda correr risco, o Oeste atravessa um momento muito mais tranquilo. O time precisa de apenas mais um empate em dois jogos para eliminar qualquer possibilidade de ser rebaixado. Atualmente, o clube paulista é o 13º na competição, com 45 pontos. Para cair para a Série C, o Rubrão teria de perder seus dois próximos jogos e ser ultrapassado na tabela por Bragantino, ABC, Guaratinguetá e Paysandu.

Mas o discurso no clube ainda não é de comemoração. “Enquanto houver possibilidade de rebaixamento ou título, temos que acreditar até o fim. Então, precisamos ter a cabeça no lugar para que no fim do campeonato o objetivo seja alcançado”, declarou o técnico do Oeste, Luis Carlos Martins, ao Tem Esporte.

Partindo para o tudo ou nada, com um time mais ofensivo, o técnico do Atlético-GO, Gilberto Pereira, irá promover diversas mudanças na equipe. O volante Marcone dará lugar ao atacante Juninho e o volante Danilo será improvisado na lateral direita substituindo Jorginho. Além disso, retornam ao time os experientes Paulo Henrique, Ernandes e Diego Giaretta, que irão compor o trio de zaga.

O Oeste terá apenas um desfalque para a partida. Suspenso por levar o terceiro cartão amarelo, o volante João Denoni não enfrenta os goianos.

FICHA TÉCNICA
OESTE X ATLÉTICO-GO

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP)
Data: 23 de novembro de 2013, sábado
Horário: 17h20 (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG)

OESTE: Fernando Leal, Adriano Alves, Mauro Viana e Dézinho; César Gaúcho, Eric, Piauí, Memo, Marcos Paraná e Lelê; Jheimy
Técnico: Luís Carlos Martins

ATLÉTICO-GO: Márcio; Danilo, Paulo Henrique, Diego Giaretta e Ernandes; Renan Foguinho, Pedro Bambu, Fábio Lima e João Paulo; Anselmo e Juninho
Técnico: Gilberto Pereira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade