Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Desesperado, Fluminense estreia Dorival contra rebaixado Náutico

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Há nove jogos sem vencer no Campeonato, tendo perdido as três últimas partidas e figurando na zona de rebaixamento com 36 pontos. Esse é o Fluminense que vai enfrentar o lanterna e já rebaixado Náutico nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Maracanã, pela 34ª rodada do Brasileirão. O Tricolor está atravessando uma crise que culminou com a demissão técnico Vanderlei Luxemburgo na última segunda-feira. Dorival Júnior foi contratado para o posto, mas sem contar com a confiança dos torcedores, que não param de protestar.

Nas Laranjeiras há quem trate um tropeço neste duelo, por conta da fragilidade do adversário, como um sinal de que a queda é inevitável. Afinal de contas, o Náutico, que no domingo perdeu de 1 a 0 para o Criciúma, se tornou o saco de pancadas da competição. "Nós precisamos fazer um grande jogo contra o Náutico, ganhar e começar a reagir no Campeonato Brasileiro. Somente com as vitórias o quadro vai mudar e precisamos de pontos para nos livrarmos desta incômoda situação. O Náutico está rebaixado, não vem bem, mas é franco-atirador. Nós estamos mais pressionados, mas jogando aqui temos que lidar bem com isso", disse o volante Jean.

Dorival Júnior quer ver seu time pensando jogo a jogo dentro do Campeonato Brasileiro e evitando fazer contas. A estratégia é deixar os atletas o menos pressionados possível. "Nós não devemos ficar fazendo projeções, pois isso é sempre muito ruim e acaba aumentando ainda mais a pressão de um momento negativo. Temos é que pensar em ganhar esse primeiro jogo contra o Náurico, depois o próximo compromisso e assim por diante. Sabemos que com as cinco vitórias vamos escapar, mas temos que pensar jogo a jogo, senão complica", afirmou.

Divulgação/Fluminense F.C.
Demitido pelo Vasco na zona de rebaixamento, Dorival Júnior tenta, agora, ressuscitar o Tricolor das Laranjeiras
Dorival vai mudar o time para este jogo com o Náutico. O zagueiro Anderson, expulso contra o Corinthians, cumpre suspensão, assim como o volante Edinho, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo. Além deles, o volante Diguinho, com dores musculares na coxa direita, não joga. O meia Felipe e o atacante Marcelinho foram barrados. O esquema com três zagueiros foi abolido, mas Digão será escalado na lateral esquerda para reforçar a marcação no setor. Rafinha ganha vaga no meio e o time terá três atacantes: Samuel, Rafael Sobis e Marcos Júnior.

Pelo lado do Náutico, o técnico Marcelo Martelotte parece ignorar a situação do Fluminense. "Nós temos que pensar apenas na nossa situação, na necessidade que temos de terminar de forma digna a temporada. Vamos ao Rio de Janeiro com o pensamento de uma vitória", declarou.

A ideia do comandante alvirrubro era repetir o time que foi derrotado pelo Criciúma, mas ele perdeu o atacante Maikon Leite, vetado por conta de lesão no adutor da coxa direita. Assim, Rogério e Hugo disputam para ver quem será o companheiro de ataque de João Paulo.

Arte GE.Net

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as equipes se enfrentaram na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), e o Fluminense levou a melhor, ganhando por 1 a 0. Samuel fez o único (e belo) gol do triunfo.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ X NÁUTICO-PE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de novembro de 2013 (Quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes:Katiuscia Berger Mendonça (Fifa-ES) e Ramires Santos Cândido (ES)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Digão; Willian, Jean e Wagner; Rhayner, Rafael Sobis e Marcos Júnior
Técnico: Dorival Júnior

NÁUTICO: Ricardo Berna, Leandro Amaro, Alison e Diego; Derley, Elicarlos, Gustavo Henrique, Tiago Real e Bruno Collaço; João Paulo e Rogério (Hugo)
Técnico: Marcelo Martelotte

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade