Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Diante do Boa, Avaí finda série negativa em último jogo de 2013

Florianopolis (SC)

Apesar de não ter mais chances de acesso à elite do futebol brasileiro, o Avaí precisava honrar seu compromisso com o torcedor na despedida da Ressacada em 2013 e conseguiu fazer, ao menos, a lição de casa. O time catarinense recebeu o Boa Esporte, não fez uma boa apresentação, mas garantiu a vitória por 1 a 0.

Com o domínio do confronto, o Avaí conseguiu balançar as redes apenas no segundo tempo e contou com uma força da zaga adversária para alcançar o feito. Após uma série de falhas do Boa Esporte, o defensor Pablo, que se aventurava ao ataque, garantiu o triunfo catarinense.

O resultado deixa o Avaí na zona intermediária da tabela, na nona colocação, com 56 pontos marcados. O Boa Esporte, por sua vez, encerra a Série B do Campeonato Brasileiro na mesma região da tabela, com seus pontos a menos, no 11º posto.

O jogo - Após uma vergonhosa série de derrotas na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí precisava se despedir de seu torcedor com uma vitória e logo partiu para o ataque em busca do resultado positivo diante do Boa Esporte. Sendo assim, desde os minutos iniciais, apenas o time catarinense buscava atacar, enquanto os visitantes esperavam o momento para surpreender.

Arte GE.Net
O nível técnico da partida, no entanto, não era satisfatório. A melhor chance do Avaí na primeira etapa surgiu apenas aos 44 minutos do segundo tempo, quando Higor acertou um belo chute, o goleiro boveto ainda se esticou, mas a bola passou por cima do travessão.

No segundo tempo, o Avaí colocou mais velocidade em seu ataque e passou a assustar ainda mais o time mineiro. Aos onze, Luciano invadiu a área, driblou o zagueiro, teve boas condições para chutar, mas não finalizou bem. O gol parecia estar perto de sair e demorou pouco mais de dois minutos.

Melhor na partida, o Avaí foi recompensado aos 13 minutos do segundo tempo. Depois de uma série de erros da defesa do Boa, a bola ficou com o zagueiro Pablo, que se aventurava ao ataque e não perdeu a oportunidade de balançar as redes. Era o gol que garanti o triunfo da equipe catarinense.

A vantagem ainda poderia ser maior, já que o Avaí voltou a balançar as redes, mas a arbitragem não validou o lance. Aos 28 minutos da etapa complementar, o garoto Anderson recebeu no ataque, driblou o marcador e tocou para o fundo das redes. O auxiliar, porém, marcou o impedimento do jogador do time da casa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade