Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Diego Costa mantém artilharia e ajuda Atlético a vencer no Espanhol

Madrid (Espanha)

O Atlético de Madri segue na perseguição ao líder Barcelona. Neste domingo, os Colchoneros superaram o Athletic de Bilbao pelo placar de 2 a 0, jogando em seus domínios, no Estádio Vicente Calderón. Destaque para a atuação do ataque da equipe da capital, Diego Costa e David Villa, que não parou de incomodar os zagueiros bascos, sendo os autores dos dois gols da vitória. O hispano-brasileiro ainda manteve a artilharia do Campeonato Espanhol, com 13 gols, igualando Cristiano Ronaldo que tinha feito dois no sábado contra o Rayo Vallecano.


Após os jogos da 12ª rodada, o Atlético é o segundo colocado com 33 pontos, apenas um atrás do Barcelona, que tem 34. O Athletic de Bilbao é o quinto com 20.

Jogo – O Athletic começou melhor. Logo aos quatro minutos da primeira etapa, Balenziaga chutou de longe e quase surpreendeu o goleiro Courtois. A bola passou perto da trave direita do Atleti.

Aos oito, Diego Costa tentou bater sem ângulo, mas sem nenhum sucesso. Logo depois, aos 13 minutos, o zagueiro dos bascos Laporte deixou a bola chegar ao goleiro Iraizoz de forma lenta, David Villa quase alcançou e abriu o placar o Atlético de Madri.

Quem criou uma boa oportunidade foi o lateral brasileiro Filipe Luis, que aos 19 minutos, achou Diego Costa, que acabou avançando pelo lado esquerdo da área e bateu cruzado. A bola passou perto da trave.

Aos 26, Villa bateu a queima-roupa no gol defendido por Iraizoz, grande defesa do arqueiro basco. O atacante teve outra oportunidade poucos minutos depois, aos 28, fazendo sua jogada assinatura, arrancando da esquerda do campo, indo até o começo da área e batendo no gol. O jogador acabou chutando para fora.

Mas de tanto insistir, Villa foi premiado. Aos 32 minutos, Juanfran cruzou na área, a bola foi desviada pela defesa do Bilbao e acabou caindo nos pés do atacante, que chutou forte e ainda teve a ajuda de Mikel San José no desvio para marcar o primeiro gol do Atlético de Madri.

Os Colchoneros ampliaram em seguida, aos 40 minutos. Koke tocou para Diego Costa, que foi até a área, driblou o defensor Morán e bateu na saída do goleiro Iraizoz, 2 a 0 para o time de Madri.

No segundo tempo, o Atlético de Madri continuou pressionando. Aos 12 minutos, Adrían cruzou na cabeça de Villa, só que Iraizoz fez uma linda defesa. O mesmo atacante teve mais uma boa oportunidade aos 16 da segunda etapa. Ele recebeu após jogada de Diego Costa que rolou para trás e o Guaje chegou batendo, a bola voou alto e não causou perigo ao gol do Athletic.

O ataque dos Colchoneros estava impossível. Aos 32 da segunda etapa, Diego Costa ‘’sambou’’ na frente de Gurpegui, passou pelo marcador e chutou forte de esquerda, mas a direção do remate foi ruim.

O Athletic tentou descontar com Iker Muniain, que após bom contra-ataque aos 36 minutos, arrematou forte no gol do time da capital espanhola. O tiro não foi bem direcionado e a bola foi parar na arquibancada.

A chance final da partida foi do Atlético de Madri, no último minuto da partida. Mas Raúl Garcia não soube aproveitar o erro cometido pelo zagueiro Albizua. Iraizoz mais uma vez fez grande defesa.

AFP
Diego Costa é o artilheiro do Espanhol com 14 gols.

Gols no fim definem triunfos - O Granada foi até o estádio Ciutat de Valencia e acabou derrotando o Levante, por 1 a 0, com um gol no último minuto, marcado por Piti, de falta. Esse resultado ajudou o Granada que agora ocupa a 11ª posição com 14 pontos. O Levante é o oitavo com 17.

Já em La Rosaleda, o Málaga derrotou o Betis com um gol nos acréscimos do segundo tempo, que deixou o placar em 3 a 2. Roque Santa Cruz, Eliseu e Samuel, com o gol salvador, fizeram para os boquerones. Os béticos descontaram com Verdú e Jordi Figueras. O Málaga é o 12º com 14 pontos, enquanto o Betis ocupa a 18ª posição com nove, na zona de rebaixamento do Campeonato Espanhol.

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade