Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Dirigente lamenta ano ruim do Inter e alerta: “Pode piorar”

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O diretor de futebol do Internacional admitiu, após a derrota para o Atlético-PR, que o campeonato feito pelo Colorado em 2013 ficou abaixo do esperado. Sem usar de justificativas muito citadas durante o ano, como a ausência do Beira-Rio, Marcelo Medeiros reconheceu que os resultados não condizem com o investimento feito no futebol e, a exemplo do capitão D’Alessandro, pede cuidado para a equipe não fique em situação ainda mais desconfortável na tabela.

“A vontade que eu tenho é de dizer um palavrão. Estamos indignados. Temos que fazer desta indignação uma atitude. O campeonato foi ruim, e não quero ficar falando de estádio para não desrespeitar o torcedor. Nós investimos muito, e é hora de ser transparente e honrar a camisa do Inter até o final do campeonato”, exclamou o dirigente.

Assim como D’Ale, Medeiros não falou a palavra “rebaixamento”, mas admitiu que a fase é complicada. “Sabemos que a situação está ruim, mas precisamos ter a consciência de que pode piorar. Estamos muito atentos. A cobrança interna é muito forte”, avaliou.

Com a derrota em Curitiba, o Inter caiu para o 11º lugar do Brasileirão, com 42 pontos. A distância até a zona de rebaixamento, hoje, é de seis pontos. Domingo que vem, a equipe rubra recebe o Botafogo, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade