Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Dorival admite tempo curto e evita promessas ao torcedor do Flu

Rio de Janeiro (RJ)

Em sua primeira entrevista coletiva no comando do Fluminense, o treinador Dorival Junior preferiu não tentar iludir o torcedor tricolor com projetos para este final de Campeonato Brasileiro, admitiu que a situação é bastante complicada, mas prometeu trabalhar jogo a jogo para fugir do rebaixamento à segunda divisão. Nesta terça-feira, o novo comandante das Laranjeiras admitiu estar vivendo um novo momento na carreira.

“Realmente é um tempo curto. Não é o ideal, reconheço isso. É uma situação nova na minha carreira. Já passei por outros clubes nessa situação, mas tinha mais jogos pela frente. Ainda assim aceitei o desafio conhecendo muito bem o momento do clube. Vou tentar fazer o melhor trabalho possível para dar minha parcela de contribuição”, afirmou Dorival Júnior.

O primeiro desafio do treinador será nesta quinta-feira, contra o Náutico, no Maracanã, e o jogo contra o lanterna do Campeonato Brasileiro pode contribuir para uma reação repentina que salvaria o Fluminense do rebaixamento. Dorival Júnior, no entanto, não se ilude com a sequência de jogos e prefere trabalhar jogo a jogo para cumprir o objetivo neste final de temporada.

“Não podemos projetar nada. Temos que buscar pontos e vitórias rodada a rodada. Muitas equipes ainda brigam por coisas boas na competição. Outras estão brigando nessa situação incômoda. O Fluminense está hoje em uma situação desconfortável, mas isso pode ser revertido”, destacou o novo comandante das Laranjeiras, que aceitou um contrato menor com o clube carioca.

O treinador não era a primeira opção da cúpula tricolor, que chegou a fazer contato com Caio Júnior, mas não fechou o acordo diante das exigências para a possível contratação. Dorival, por sua vez, resolveu aceitar o desafio de firmar um vínculo apenas até o final do ano, sem ter certeza sobre o seu futuro nas Laranjeiras em 2014, independente do trabalho nas próximas cinco rodadas.

“Não tem garantia nenhuma de que vou ficar em 2014. Vim para esses jogos restantes sem problema nenhum. É um momento importante para o clube e para mim profissionalmente. Estou acreditando muito em tudo isso. O Fluminense tem totais condições em reverter esse quadro”, explicou Dorival Júnior, que já comandou seu primeiro treino nas Laranjeiras nesta terça-feira, quando conversou com o elenco tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade