Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Dorival barra euforia e credita vitória aos trabalhos de Luxa e Abel

Rio de Janeiro (RJ)

Mesmo com a vitória em seu primeiro jogo no comando do Fluminense, por 2 a 0, sobre o lanterna Náutico, Dorival Júnior mostrou muito discernimento em sua entrevista coletiva e não quis ficar com os créditos pelo triunfo, fundamental na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Para o treinador, o resultado positivo desta quinta-feira, no Maracanã, é fruto de trabalhos antigos, feitos por Vanderlei Luxemburgo e Abel Braga.

“Houve uma postura diferente da equipe, sim, e o resultado apareceu. Mas seria impossível, para qualquer treinador, dar uma mexida no grupo em 48 horas, até porque você desconhece alguns jogadores. Eu credito essa vitória ainda ao trabalho feito por Abel (Braga) e Vanderlei (Luxemburgo). Isso tem que ser reconhecido. Não é porque houve uma alteração no comando que os jogadores se sentiram mais confortáveis”, avaliou o novo técnico do Fluminense.

Para Dorival Júnior, a mudança de postura dos jogadores passa também pela compreensão do momento vivido pelo Fluminense no Campeonato Brasileiro. Com quatro rodadas para o fim, o time carioca iniciou a rodada na zona de rebaixamento, mas tinha uma oportunidade única para sair da degola: um duelo em casa contra o lanterna Náutico.

Nelson Perez/Fluminense FC
Após a vitória, o novo comandante do Fluminense preferiu dar os créditos aos treinadores Luxemburgo e Abel
“Você tenta contribuir de todas as formas possíveis, mas não dá para entender que, apenas por causa de uma alteração de comando, tenha alterado completamente a postura de equipe. Os jogadores viveram um momento muito difícil, sentiram que era o instante de uma recuperação, que não poderiam deixar passar de maneira alguma, e essa foi a mudança”, destacou Dorival.

Os 30 mil torcedores, que compareceram ao Maracanã, mostraram total apoio ao novo trabalho nas Laranjeiras, mostrou confiança na permanência na primeira divisão, mas Dorival Júnior preferiu conter a euforia. “Foi uma vitória importante, mas ainda é muito pouco. Temos quatro jogos pela frente complicadíssimos e precisamos estar preparados”, concluiu o treinador do Fluminense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade