Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Eguren critica Henrique e pede paciência ao “cara de Seleção"

Belém (PA)

O jogo já estava praticamente definido, Henrique havia abandonado a defesa para disputar os lances no ataque, mas, em uma destas jogadas, se enrolou com um marcador, cometeu a falta e recebeu o cartão amarelo. A atitude do árbitro irritou o capitão do Palmeiras, que chegou a se ajoelhar no gramado e acabou expulso de campo. Após o apito final, o volante Eguren falou sobre a falta de equilíbrio de seu companheiro.

“Eu acho que, hoje, um cara de Seleção e capitão do Palmeiras tem que ter um pouco mais de paciência, mas tudo bem”, criticou o jogador uruguaio, que tem a experiência de também defender uma seleção e está ciente do peso que o atleta carrega por estar entre os melhores de seu país.

Wagner Carmo/Gazeta Press
Capitão do Palmeiras foi criticado publicamente por conta de seu nervosismo em Belém
A irritação de Henrique, no entanto, pode ser reflexo da atuação apática do Palmeiras. Como de costume, o zagueiro, desde a metade do segundo tempo, se mandou para o ataque, mas também não conseguiu ajudar o setor ofensivo, carente de criatividade e até mesmo vontade.

As alterações de Gilson Kleina também não surtiram efeito. Atrás no placar, o Verdão também foi tomado pelo nervosismo nos minutos finais. Em um lance bobo, já nos acréscimos, Henrique não conseguiu se controlar, descontou sua irritação na arbitragem e conseguiu deixar a situação ainda pior com o cartão vermelho.

Agora, o zagueiro do Palmeiras ficará de fora da partida que deve marcar a conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de não ter amargado a derrota por 1 a 0 nesta terça-feira, o Verdão ainda precisa apenas de um empate para chegar ao seu objetivo. O compromisso deste sábado será diante do Boa Esporte, ás 16h20 (de Brasília), no Estádio do Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade