Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Em duelo de rebaixados, ASA se despede com vitória sobre o Azulão

Arapiraca (AL)

Último colocado na tabela de classificação, o ASA de Arapiraca conseguiu evitar uma despedida da Série B ainda mais melancólica diante de seu torcedor. Nesta sexta-feira, o clube alagoano recebeu o São Caetano e conseguiu garantir a vitória já nos minutos finais da partida: 1 a 0 sofrido, resultado que representa a falta de qualidade das duas piores equipes da segunda divisão de 2013.

Quando o jogo se encaminhava para um frustrante empate sem gols, o time da casa contou com o faro de seu artilheiro para movimentar o marcador e encerrar sua participação com uma vitória. Lúcio Maranhão, aos 41 minutos do segundo tempo, foi o responsável pela vitória do ASA.

O resultado faz com que o time alagoano termine a Série B do Campeonato Brasileiro com 35 pontos, ainda na lanterna da competição nacional. O São Caetano, por sua vez, ficou apenas com um ponto a mais, no penúltimo lugar, confirmando uma temporada para apagar da história.

O jogo - Já rebaixado, o São Caetano desejava, ao menos, terminar sua participação na Série B do Campeonato Brasileiro de forma honrosa. Desta forma, mesmo jogando fora de casa, o time do ABC paulista comandou as ações do primeiro tempo no Estádio Municipal de Arapiraca, contra o ASA.

Arte GE.Net
Com maior presença de ataque, o Azulão assustou aos 18 minutos do primeiro tempo, quando Marcelo Soares dominou dentro da área, tentou um ótimo passe para Caleb, mas seu companheiro não alcançou. A resposta alagoana veio aos 23, com Lúcio Maranhão desviando de cabeça para fora.

Desta forma, o primeiro tempo seguiu em ritmo lento, até que, aos 33 minutos, o São Caetano conseguiu balançar as redes, mas o lance foi anulado pela arbitragem. Após confusão na área, Anselmo aproveitou a sobra e mandou para o fundo do gol, o assistente, porém, não validou o lance, indicando a posição irregular do jogador do Azulão.

Na volta do segundo tempo, os dois treinadores gastaram as substituições disponíveis. A ideia era mudar o panorama do jogo, que condizia com a situação dos dois times ao longo desta Série B. Os dois piores colocados na tabela de classificação pouco conseguiam fazer e um lance já nos últimos minutos da etapa complementar foi o responsável por definir o resultado.

Aos 41 minutos da segunda etapa, Samuel colocou Elionar Bombinha em velocidade, que invadiu a área e bateu para o gol. O arqueiro do São Caetano não conseguiu segurar e Lúcio Maranhão apareceu na cobra para definir a partida, evitando uma despedida ainda mais melancólica para o time alagoano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade