Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Fã eterno, Aloísio se oferece para treino especial com Luis Fabiano

Helder Júnior São Paulo (SP)

Aloísio só é truculento para comemorar os seus gols. Quando fala sobre um concorrente de posição que está em má fase, o centroavante poupa a voadora e tenta mostrar que é um bom amigo. Chega ao ponto de se oferecer até para participar de um treinamento especial para Luis Fabiano voltar a marcar gols.

“Vou ajudar o Luis da mesma forma de sempre. Ele também me dá moral desde o meu primeiro dia de São Paulo. Então, se eu tiver de fazer um trabalho à parte para ajudá-lo, será com o maior prazer do mundo”, avisou Aloísio, espontâneo.

Teoricamente, o bom momento de Aloísio deixa ainda mais em evidência a queda de rendimento de Luis Fabiano, que sofreu com as lesões ao longo da temporada. “Mas vou ajudá-lo, até porque sou fã dele. Não escondo de ninguém a minha admiração por ele. Continuarei sendo fã por toda a vida”, garantiu.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Em bom momento, Aloísio avisou que pode ajudar Luis Fabiano a voltar a marcar gols pelo São Paulo
Reforçando que vê Luis Fabiano como um ídolo, Aloísio diminuiu o tom de voz para ressalvar que não pode dar conselhos ao colega. “Como vou falar do Luis? Ele é um grande centroavante, artilheiro, e sabe que precisa melhorar. Se melhorar um pouco, voltará a ter nível de Seleção Brasileira”, enalteceu.

De fato, Luis Fabiano tem consciência de que deve melhorar. Foi o que o centroavante declarou, cabisbaixo, ao retornar com o São Paulo da Colômbia, onde o empate sem gols com o Atlético Nacional garantiu classificação às semifinais da Copa Sul-americana. O ainda titular também levou em consideração as possibilidades de ir para a reserva já em 2013 e de sair do Morumbi em 2014.

O fã Aloísio não criou polêmica com as escolhas de Muricy Ramalho para o ataque são-paulino: “Gosto de jogar. Não importa com quem ou se é de centroavante, a minha posição. O nosso treinador saberá a achar a melhor forma de o time jogar”.

Iguais?
Apesar de poder treinar à parte com Aloísio, Luis Fabiano lembrou que o contraste com o concorrente ainda não é tão gritante. “O Aloísio está vivendo um grande momento e tem os mesmos 21 gols que fiz no ano. Não é uma temporada para jogar fora”, igualou o ídolo.

As diferenças entre os dois centroavantes, contudo, está no momento de cada um. Em seus últimos dez jogos como titular, Luis Fabiano marcou três gols. Aloísio anotou sete.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade