Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Fifa faz exame antidoping surpresa nos jogadores do Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Representantes da Fifa estiveram na Cidade do Galo nesta quarta-feira e realizaram exames antidoping em 33 dos 35 jogadores do elenco alvinegro pré-inscritos para o Mundial de Clubes. A competição será disputada em dezembro, no Marrocos. O médico do Atlético-MG, Rodrigo Lasmar, explica que se trata de um procedimento de rotina.

“É um procedimento de rotina feito pela Fifa antes das competições oficiais, em que são realizados exames de sangue e urina nos atletas, em data aleatória. Eles não avisam a data, é um exame de surpresa. Então, todos os jogadores, a partir de agora até o final do Mundial, podem ser submetidos, a qualquer hora, a exame de dopagem. Apenas o Victor e o Jô ficaram de fora porque estão servindo à Seleção Brasileira”, comentou.

Além do exame antidoping surpresa, a Fifa anunciou nesta quarta-feira, que os árbitros no Mundial de Clubes vão usar o spray de sinalização, o mesmo usado nos jogos pelo Brasil e que tem a função de manter a barreira no local nas cobranças de falta. O chefe do departamento de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, afirma que a vantagem do spray foi comprovada em testes feitos pela entidade máxima do futebol.

“A grande maioria dos árbitros considerou o spray um instrumento útil e proveitoso. Ele possui um efeito preventivo evidente, já que a distância sempre é respeitada, portanto nenhum cartão amarelo por violação dessa distância precisou ser mostrado nos dois torneios disputado até agora. Depois do Mundial de Clubes no Marrocos, serão feitas mais avaliações. Analisaremos os resultados e discutiremos se o spray será utilizado nas competições da Fifa futuramente”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade