Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Ganso é suspenso pela Conmebol e não enfrentará Nacional

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo foi pego de surpresa na tarde deste sábado, antes da partida contra a Portuguesa, com uma notícia nada boa. O meia Paulo Henrique Ganso foi suspenso por dois jogos pela Conmebol (um já cumprido) e não enfrentará o Atlético Nacional, em Medellín, na quarta-feira.

A punição se deve ao cartão vermelho recebido por ele na segunda partida das quartas de final do torneio, contra a Universidad Católica. As imagens disponíveis do lance o mostram apenas separando uma confusão entre jogadores das duas equipes. Na súmula, porém, a expulsão foi justificada por algum comportamento impróprio.

"Soubemos à tarde. É incrível. O cara deu um soco no nosso jogador e não tomou nenhum jogo. O Ganso foi separar (a briga) e tomou dois. Não estou entendendo. Ele não agrediu ninguém", disse o técnico Muricy Ramalho, ao final da vitória por 2 a 1 sobre a Portuguesa, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ganso vai ter de cumprir suspensão na segunda partida contra o Nacional, pela Copa Sul-americana
O substituto de Ganso, assim como no jogo de ida contra o Nacional, será Jadson. O camisa 10, que anda em baixa sob comando do atual treinador, foi autor do gol que abriu a vitória por 3 a 2, na quarta-feira, e encaminhou a classificação para a próxima fase da competição sul-americana.

Apesar do gancho, é possível que Ganso viaje à Colômbia com o restante da delegação. Nas últimas ocasiões em que esteve suspenso (contra Corinthians, no Brasileiro, e Nacional, na Sul-americana), ele fez questão de ir ao Morumbi para acompanhar os colegas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade