Futebol/Copa do Brasil - ( )

Garantido por vice, Elias revela desejo de permanecer no Flamengo

Rio de Janeiro (RJ)

Depois de ser mais uma vez decisivo para o Flamengo na Copa do Brasil, marcando o primeiro gol da vitória carioca, por 2 a 0, no Maracanã, Elias recebeu o carinho do torcedor durante a festa pelo título, ainda no gramado. Das arquibancadas, os gritos pediam sua permanência para a próxima temporada, quando o clube da Gávea disputará a Libertadores, e o volante não escondeu a emoção, garantindo que vai permanecer no Rio de Janeiro.

“Eu nunca falei que ia sair. Se depender de mim, eu vou ficar. Não sei onde colocaram que eu falei que voltaria para o Corinthians, mas esqueceram de falar que eu gostaria de ficar aqui em 2014. A torcida sabe que sou muito feliz aqui, tenho um carinho muito grande por eles, agora é trabalhar para ficar aqui em 2014”, revelou o volante do Flamengo.

Ao manifestar o desejo de permanência, o jogador também ganhou o respaldo de seus dirigentes. Entre os principais nomes do Flamengo nesta temporada, Elias foi classificado como fundamental para o clube carioca na Libertadores de 2014, e, de acordo com o vice-presidente de futebol Wallim Vasconcellos, já está garantido na Gávea para a próxima temporada.

“Se depender dele, ele fica, então já ficou, Temos um projeto. Quem não gostaria de jogar uma Libertadores no Maracanã, pelo Flamengo? Mais atrativo que isso é impossível. Estamos com uma negociação bem adiantada e precisamos do Elias. Estamos montando um time para chegar com força”, projetou Wallim Vasconcellos após a conquista da Copa do Brasil.

A relação entre Elias e a torcida do Flamengo ultrapassou as quatro linhas ao longo da temporada. O jogador sofreu um drama familiar com uma grave doença de seu filho e não demorou a receber o apoio das arquibancadas. Nas semifinais da Copa do Brasil, contra o Goiás, o nome do pequeno Davi foi gritado no Maracanã e o volante respondeu com mais um gol.

Nesta quarta-feira, com o filho recuperado em seus braços, Elias se emocionou mais uma vez ao relembrar a campanha na Copa do Brasil e já projetou o futuro com o pequeno Davi. “Quem é pai sabe o que estou sentindo agora. É um momento muito gratificante. Um dia ele vai ver fita desse jogo e vai ver que o pai dele foi campeão”, concluiu o jogador do Flamengo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade