Futebol/Bastidores - ( )

Governo inicia debates, mas descarta perdão das dívidas dos clubes

Brasília (DF)

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, recebeu, na manhã desta quarta-feira, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e dois deputados integrantes da comissão criada para fortalecer os clubes de futebol no Brasil e reestruturar o esporte no país. Desta forma, os parlamentares puderam apresentar o projeto que será debatido, mas o representante do governo já adiantou que não vai anistiar as dívidas existentes.

De acordo com o que foi proposto e começará a tramitar na Câmara dos Deputados, com a realização de audiências públicas para debate com todos os envolvidos no assunto, a ideia é fazer com que os clubes mudem suas condutas diante das dívidas. Aqueles que cumprirem exigências de modernização de gestão e aceitarem condições severas de pagamentos futuros podem se habilitar à reestruturação dos débitos.

Caso o projeto seja aprovado pela Câmara, o clube que se habilitar à reformulação da dívida precisa comprovar a capacidade de pagamento. Desta forma, estará sujeito a punições, como perda de pontos, que pode chegar até ao rebaixamento, fazendo com que a nova proposta da comissão seja diferente de qualquer outra iniciativa nesse sentido no passado.

Ao se reunir com os parlamentares, o ministro Aldo Rebelo rechaçou qualquer tipo de perdão e afirmou que a saída para o pagamento total das dívidas é modernizar as atuais gestões. Esta medida faria com que esse processo de transformação ficasse ainda mais fortalecido.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade