Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Grêmio envia pedido para aumento do número de estrangeiros à CBF

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Especulado há meses, o pedido do Grêmio junto à CBF para que o número de jogadores estrangeiros que podem disputar uma mesma partida por competições nacionais foi formalizado nesta quarta-feira. A ideia é aproveitar o prazo até 1º de dezembro dado pela confederação aos clubes, em relação a pedidos de mudanças no regulamento geral das competições de 2014.

No documento, o Grêmio faz duas propostas à entidade. A primeira é aumentar o número máximo de atletas estrangeiros que podem assinar a súmula de uma partida dos atuais três para cinco jogadores. A outra é semelhante ao modelo europeu: tornaria atletas de países do Mercosul ou parceiros comerciais brasileiros no continente (Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Equador, Bolívia, Venezuela) “comunitários”, como na Europa, onde jogadores que pertencem à Comunidade Europeia não são considerados estrangeiros em outras nações do bloco.

Outros clubes brasileiros já se manifestaram a favor desta medida. O Vitória é um deles. O Internacional, que conta em seu elenco com quatro estrangeiros, é outro que poderia ser beneficiado em caso de mudança. Atualmente, o Grêmio também conta com quatro jogadores nascidos fora do Brasil: o uruguaio Maxi Rodríguez, o paraguaio Riveros, o argentino Barcos e o chileno Vargas. O boliviano Marcelo Moreno deve voltar em 2014, mas não conta como estrangeiro por ter dupla cidadania.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade