Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Guerrero torce o tornozelo no treino e aumenta dúvida sobre retorno

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O Corinthians voltou a treinar na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava. Trabalhando entre os reservas, o atacante Paolo Guerrero deixou o coletivo logo no início, pelo carrinho da maca, após torcer o tornozelo em disputa com Romarinho, que formou a dupla de ataque do time titular com Emerson.

O peruano, que voltaria à equipe no último jogo, diante do Flamengo, no Maracanã, foi vetado pelo departamento médico por ter ingerido um medicamento proibido, que poderia ser flagrado no exame antidoping. O jogador ainda não havia sido confirmado por Tite entre os titulares porque um existia o temor de que o remédio ainda estivesse em seu organismo.

A atividade desta tarde teve início com um treino de fundamentos, orientado pelo preparador físico Fábio Mahseredjian, em que os jogadores trabalharam passes e movimentação.

Na segunda parte, o técnico Tite comandou um coletivo em campo reduzido. A equipe titular foi formada por Walter, Edenilson, Gil, Paulo André e Alessandro; Ralf, Guilherme, Danilo e Renato Augusto; Romarinho e Emerson.

Após o coletivo, o zagueiro Gil e os defensores reservas permaneceram por mais alguns minutos no campo, rebatendo cruzamentos feitos pelo preparador de goleiros Mauri.

O próximo compromisso do Timão será neste sábado, às 21 horas (de Brasília), contra o Internacional, no estádio do Pacaembu, em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A expectativa é de grande público, já que haverá uma homenagem da diretoria corintiana ao técnico Tite, que deixará o clube no fim deste ano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade