Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Hugo rebate André Santos e nega que esteja acertado com outro clube

Goiânia (GO)

A declaração de Walter, afirmando que iria “deitar e rolar” no jogo contra o Flamengo, não foi a única polêmica criada nas últimas semanas entre o Rubro-Negro e o Goiás, que se enfrentaram pela semifinal da Copa do Brasil (em dois jogos) e no Campeonato Brasileiro. O lateral esquerdo do Fla, André Santos, disse ter ouvido de Hugo, durante uma das partidas, que o meia já teria um pré-contrato assinado com outro clube.

“Tenho contrato com o Goiás até maio, e pretendo cumprir. Estou feliz aqui, o grupo é bom. Em se mantendo esse elenco para o ano que vem, com outros atletas chegando, acho que o Goiás vai ficar muito forte. Só se receber uma proposta irrecusável, porque estou satisfeito aqui. Já joguei em outros grandes clubes, mas acho que eu e minha família estamos adaptados a Goiânia. O André Santos tentou me jogar contra o torcedor, mas estou focado aqui”, disse Hugo, em declarações reproduzidas pelo Portal 730.

Nesta quarta-feira, Hugo será julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por causa da expulsão justamente contra o Flamengo, pela 33ª rodada do Brasileirão, e pode ser punido com até três jogos, pelo fato de ser reincidente. Caso seja absolvido, o meia poderá atuar no duelo decisivo contra o Grêmio, no próximo domingo.

Como não bastasse a possibilidade de perder Hugo, o Esmeraldino ainda enfrentará outro julgamento, nesta quinta-feira. O Pleno do STJD analisará o recurso impetrado pelo clube contra a perda de três mandos de campos e a multa de R$ 50 mil, decorrentes da briga entre integrantes de suas próprias organizadas na partida contra o Atlético-PR, válida pela 30ª rodada e disputada no Serra Dourada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade