Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Inconformados, paranistas lamentam falhas em derrota

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Paraná Clube desperdiçou uma grande chance de renascer na Série B do Campeonato Brasileiro ao perder para o Boa Esporte, fora de casa, por 3 a 2, depois de ter dois gols de vantagem no placar. A caminhada é complicada para o Tricolor, que tem duelos duros pela frente, e será obrigado a secar pelo menos cinco times, além de um aproveitamento perfeito até o final da competição.

O atacante Paulo Sérgio, que teve uma chance já nos acréscimos para tentar o empate, desabafou na saída do gramado, inconformado com a virada. “É inacreditável. A fase não está boa e a gente também tem que tomar vergonha na cara. Com dois gols na frente e tomar a virada não dá. É a terceira vez que acontece isso. Só pode ser sacanagem”, avaliou.

O sentimento de revolta era o mesmo do volante Moacir que, em uma análise sensata admite que o próprio Tricolor dificultou sua situação na competição. “Nós já conversamos, sabemos onde estamos errando, em outro jogo foi igual. Se não fosse por isso estaríamos lá em cima, com acesso garantido. Agora, a gente já conversou, não adianta sair no tapa um com o outro. Estamos perdendo para nós mesmos”, disse.

Resta ao Paraná secar neste sábado Joinville, Ceará e Sport, que se enfrentam, e Icasa, para na rodada do meio de semana entrar em campo ainda com esperanças reais. O zagueiro Brinner lamentou os erros e espera ainda ter tempo para reagir. “A gente sabe que o time quando faz o gol com a torcida a favor crescer. Tivemos três desatenções, total vacilo nosso. Agora na terça-feira está aí, e temos que ganhar da Chapecoense de qualquer jeito. Enquanto tiver chance temos que lutar”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade