Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Ingleses pedem Terry na seleção, mas ouvem negativa de técnico

Londres (Inglaterra)

As derrotas para Chile e Alemanha, em pleno Wembley, fizeram a imprensa e torcida inglesas questionarem a defesa da seleção e pensarem na volta de John Terry, do Chelsea. O técnico Roy Hodgson, porém, mostrou-se irrefutável quanto a convocação do zagueiro, aposentado do time nacional há um ano.

Depois do revés para os alemães, por 1 a 0, nesta quarta-feira, o treinador inglês foi questionado sobre uma possível volta de Terry ao selecionado. “Nos classificamos (para a Copa) com dez jogos com Cahill e Jagielka. E temos visto grandes performances do Chris Smalling”, respondeu.

AFP
Defesa instável nos últimos jogos faz ingleses se relembrarem do aposentado John Terry, do Chelsea
Uma fonte próxima a Terry também afirma que o defensor não tem planos de mudar de ideia, mesmo em caso de urgência às vésperas do Mundial de 2014. “O John só quer se concentrar no Chelsea. Está em boa forma, saudável e jogando bem; Não tem planos de voltar ao futebol internacional”, disse a fonte.

Nos últimos anos que usou a faixa de capitão do English Team, o jogador de 32 anos se envolveu em algumas polêmicas, tais como a traição extraconjugal ao colega Wayne Bridge e o caso de racismo com Anton Ferdinand, irmão de Rio Ferdinand, beque do Manchester United.

Atualmente, Terry vem calando os críticos de sua idade avançada ao fazer uma boa temporada pelos Blues, que lutam pelo título do Campeonato Inglês. O atleta jogou todos os minutos pelo time de Londres até agora, fato que dificulta ainda mais uma eventual volta pra seleção.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade