Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Inter esbraveja contra a arbitragem no Serra Dourada

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A arbitragem do mato-grossense Wagner Reway na derrota do Internacional para o Goiás revoltou os jogadores colorados no Serra Dourada. Tanto os jogadores quanto o técnico Clemer foram praticamente monotemáticos em seus depoimentos ao final do jogo: os erros cometidos pelo árbitro foram o fator mais decisivo para a derrota por 3 a 1, na avaliação do time gaúcho.

O capitão D’Alessandro, muito irritado na saída de campo, chegou a sugerir um complô para prejudicar o Internacional no Campeonato Brasileiro: “parece que tem uma ordem lá de cima para apitar final quando é jogo do Inter. Isso vem acontecendo o tempo todo. Não é a primeira vez”, reclamou o argentino. O lateral Fabrício, o zagueiro Alan e o volante Josimar também vociferaram bastante, especialmente quanto à expulsão de Rafael Moura e o gol marcado por Walter, o primeiro do Goiás no jogo, que ocorreu em impedimento.

Mesmo mais calmo que seus atletas, o técnico Clemer bateu na mesma tecla: “hoje a arbitragem influiu diretamente no placar. A ansiedade acontece quando somos prejudicados. Nosso time estava muito bem, fizemos um gol cedo, mas aí veio o empate naquele lance em que fomos prejudicados e bate o nervosismo. O Rafael acabou expulso, fica difícil segurar. A gente sai do normal nesses casos, nosso time é sanguíneo”, afirmou o treinador, que lembrou de um pênalti não marcado a favor do Inter no fim da derrota para o Atlético-MG, na última quinta.

Com a derrota, o Inter manteve o 11º lugar na tabela, mas ao estagnar nos 45 pontos a equipe ficou a apenas quatro da zona de rebaixamento. A situação não chega a preocupar Clemer, que negou que a campanha lembre a de 2002, quando ele era goleiro do Colorado e a equipe sofreu até a última rodada com risco de queda.

“Não, até porque uma vitória contra o Coritiba tira qualquer chance de rebaixamento. Agora é a hora de a torcida estar junto com a gente. Teremos o melhor time possível no domingo e precisamos de um caldeirão no Centenário para buscarmos o resultado”, conclamou o técnico. Além do Coxa, o Inter ainda visita o Corinthians e recebe a Ponte Preta na reta final do Brasileirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade