Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Jayme ganha dúvidas com susto de Amaral e desempenho de Felipe

Porto Alegre (RS)

O Flamengo pode ter alterações significativas na primeira partida da final da Copa do Brasil com o Atlético-PR. No treinamento desta segunda-feira, os titulares voltaram a trabalhar após serem poupados da derrota por 2 a 1 para o Grêmio e o técnico Jayme de Almeida ganhou dois problemas para resolver: a volta precoce de Felipe e as dores musculares do volante Amaral.

Em fase de recuperação de lesão no joelho, o goleiro participou normalmente das atividades no estádio Olímpico, em Porto Alegre. A rápida melhora do titular surpreendeu a todos no clube, já que as primeiras previsões mostravam que o retorno do arqueiro ficaria apenas para 2014. Além da boa forma, pesa a favor de Felipe a má fase do reserva Paulo Victor.

A definição do goleiro titular para encarar o Furacão nesta quarta-feira ficará para os últimos instantes, assim como a entrada de Amaral. O volante deixou os treinamentos reclamando de dores musculares, mas a princípio não gera muita preocupação na comissão técnica. A tendência é que o marcador não seja problema para Jayme.

Outro titular que retornou nesta segunda foi André Santos. O lateral esquerdo havia sido liberado pela diretoria flamenguista para passar o final de semana com o filho, que fez aniversário. Após aproveitar a folga em Florianópolis, o camisa 27 está confirmado para a decisão e promete empenho para voltar ao Rio de Janeiro em vantagem na briga pelo título.

“Na Copa do Brasil é sempre importante fazer gols fora de casa, pois dá uma vantagem grande. E nosso objetivo é vencer o jogo. Sabemos que será difícil, mas queremos fazer esse gol fora para ter uma margem de vantagem e poder decidir em casa, mas não será fácil, pois a equipe deles tem um grande treinador”, destacou André.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade