Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jogadores do Inter brigam no vestiário do Serra Dourada após derrota

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O clima é tenso dentro do vestiário do Internacional, e não se trata apenas de uma figura de linguagem. Neste domingo, jogadores colorados brigaram no vestiário do Serra Dourada após a derrota por 3 a 1 para o Goiás. Segundo informações da Rádio Bandeirantes, funcionários do estádio confirmaram o desentendimento entre os atletas. Uma porta ficou danificada.

O diretor de futebol colorado Marcelo Medeiros negou que os atletas tenham se agredido: “as pessoas dizem ter ouvido, mas não estavam dentro do vestiário. Não houve nada fora do normal, nem briga, mas uma cobrança normal. Nosso momento é tenso e complicado. Ninguém brigou a socos, isso é loucura”, explicou. A origem da discussão, segundo a emissora, foi a expulsão de Rafael Moura. Alguns jogadores tiraram satisfação do centroavante pelo cartão vermelho, enquanto outros o defenderam, iniciando o racha.

Depois de ser fortemente cobrado por seus torcedores na chegada a Porto Alegre após a derrota para o Atlético-PR, há duas semanas, o elenco do Internacional evitou o contato com a torcida e não passou pelo saguão do Aeroporto Salgado Filho nesta segunda-feira. Os jogadores receberão folga nesta segunda e voltam a se reapresentar na terça-feira.

A derrota para o Goiás deixou o Inter ainda mais próximo da zona de rebaixamento. A distância, agora, é de apenas quatro pontos, e pode cair para um se a equipe perder para o Coritiba no domingo que vem. No entanto, com mais uma vitória nos três jogos que faltam, a equipe gaúcha se livra matematicamente do risco de queda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade