Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Jorginho lamenta derrota da Ponte, mas já visa duelo com Goiás

Campinas (SP)

Em busca de garantir permanência na elite do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta desperdiçou oportunidade de deixar a zona de rebaixamento ao sucumbir por 3 a 0 diante do Vitória, neste domingo, no Moisés Lucarelli. Apesar da derrota, o treinador do time alvinegro, Jorginho, pediu rápida reação ao grupo de atletas da equipe campineira e ressaltou necessidade de voltar a triunfar.

“Precisamos passar por cima dos obstáculos. Não adianta ficar pensando naquilo que já passou. Temos que pensar no Goiás e procurar descansar os jogadores para podermos suportar essa maratona”, afirmou o técnico.

Com o resultado obtido nesta quinta-feira, a Ponte Preta foi ultrapassada pelo Criciúma (36 pontos), que venceu o Náutico, e caiu para 19ª colocação na tabela de classificação, com 34 pontos. Se tivesse superado o clube baiano, o time campineiro estaria na 16ª colocação, à frente do Vasco (37 pontos) por causa do critério de desempate do número de vitórias (10 a 9).

A equipe alvinegra volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), quando enfrenta o Goiás, no Serra Dourada. Em busca de uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América, o time alviverde está invicto há sete jogos na competição e ocupa o quinto lugar, com 53 pontos.

“Chegamos atrasados em todos os momentos contra o Vitória. Não diminuímos o espaço, foi assim que sofremos os gols. Vamos trabalhar forte com os departamentos de preparação física e fisiologia para recuperar o grupo ao máximo”, encerrou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade