Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Juninho lamenta derrota antes de decisão contra Atlético-GO

Guaratinguetá (SP)

Em má fase no Campeonato Brasileiro da Série B, o Guaratinguetá chegou ao seu quarto revés consecutivo e sexto jogo sem vitória ao sucumbir por 4 a 3 diante do Paraná, no último sábado, no estádio Dario Rodrigues Leite. O resultado complicou a situação do clube do interior paulista, que será rebaixado se for derrotado pelo Atlético-GO, neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no estádio Serra Dourada. Atento ao momento, o meio-campista Juninho lamentou o placar obtido diante dos paranaenses.

“Infelizmente não era o resultado que queríamos. A nossa equipe buscou. Saímos atrás no placar e buscamos o empate. No final tomamos um gol. Enfim, é difícil. Tivemos uma semana longa para trabalhar. Estávamos focados neste jogo, sabíamos que era uma decisão. Lamentamos e ficamos tristes. Nós jogadores somos os culpados”, afirmou o atleta.

Faltando uma rodada para o término da competição nacional, ASA (32 pontos) e São Caetano (36 pontos) já estão rebaixados. O Guaratinguetá, por sua vez, aparece na 16ª colocação, com 41 pontos, e tem confronto direto com Atlético-GO, que é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento, também com 41 pontos. Se empatar no duelo em território goiano, o clube paulista ainda pode cair para terceira divisão. Para isso, o Paysandu (39 pontos) precisa superar o Sport, na Ilha do Retiro, e reverter desvantagem no saldo de gols, que atualmente é de -16 a -10.

“Temos que ter inteligência para jogar lá. O campo é grande e a casa estará cheia. Mas independente disso, precisamos atuar de igual para igual. Nosso time vem jogando bem fora de casa, infelizmente os resultados não aparecem. Sabemos que será uma pedreira, uma final de campeonato. É um querendo matar o outro”, encerrou o meio-campista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade