Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Após derrota, Kardec se diz “mordido” e espera apoio da torcida

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O péssimo desempenho do Palmeiras na derrota por 1 a 0 para o Paysandu incomodou o elenco. Depois de ter desperdiçado a chance de oficializar o título da Série B na noite de terça-feira, o atacante Alan Kardec reconhece que o time ficou chateado e espera agora o apoio da torcida, que vem se dividindo nesta reta final.

“Depois de uma derrota, é natural que todos estejam chateados. Todo mundo ficou muito mordido com este resultado fora de casa e a força tem de ser triplicada, para buscarmos o título em casa, com apoio da torcida”, afirmou.

O Palmeiras precisava apenas de um empate contra o Paysandu, em Belém, mas levou pouquíssimo perigo à meta adversária e ainda teve seu sistema defensivo envolvido no gol de Yago Pikachu. Agora, a expectativa fica para o jogo de sábado, no Pacaembu, diante do Boa Esporte. Apesar das controvérsias envolvendo a torcida, Kardec ainda tem esperança de incentivos na partida.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Alan Kardec relata que elenco ficou chateado com tropeço e almeja título na partida de sábado
“Este título está gerando uma certa ansiedade, o que é normal, porque falta pouco. Estamos convocando a torcida para mais uma vez nos apoiar na nossa casa”, reiterou. O zagueiro Henrique, que cumprirá suspensão automática no sábado, também espera que o time, enfim, sacramente o título.

“Tudo deu errado ontem (terça), mas, com certeza, a torcida vai estar lá para nos apoiar. Para nós, este título é importante e acho que vai dar tudo certo no sábado”, ponderou.

Nas recentes atuações do Verdão no Pacaembu, a principal uniformizada do clube adotou uma postura de protestos, alegando que a Série B é apenas obrigação. Porém, parte dos torcedores comuns até vaiou os uniformizados para defender o time.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade