Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Lanús surpreende River Plate na capital e se garante na semifinal

Lanús (Argentina)

No duelo argentino das quartas de final da Copa Sul-americana, o Lanús não teve problemas para passar pelo rival River Plate na noite desta quarta-feira. As duas equipes se encontraram no Monumental de Núñez depois de empate sem gols no jogo de ida e os grenás levaram a melhor por 3 a 1 para selar classificação às quartas de final.

A vitória fora de casa começou a ser construída logo aos seis minutos de jogo. O centroavante Santiago Silva, ex-Boca Juniors, fez boa jogada pela ponta esquerda e rolou para a entrada da área. O volante Leandro Somoza soltou o pé e Marcelo Barovero já caía para fazer a defesa quando Diego González desviou e abriu o placar.

O time de Buenos Aires acordou com o gol sofrido e começou a pressionar os visitantes em busca do empate. A postura adotada deixou espaços na defesa e o Lanús conseguiu aproveitar os contra-ataques. Aos 31 minutos, Lucas Melano chegou com facilidade pela direita, cruzou rasteiro, Lautaro Acosta furou e Santiago Silva empurrou para a meta vazia.

Pressionado, o River tentou responder cinco minutos depois em cobrança de falta de Jonathan Fabbro, mas o chute explodiu no pé da trave direita de Augustín Marchesin. Mas aos 25 do segundo tempo, Ayala chutou cruzado após boa jogada individual de Acosta e praticamente liquidou a fatura no Monumental de Núñez. O River ainda diminuiria com Gutierrez, doze minutos depois, mas já era tarde demais.

Agora, o Lanús espera a definição das semifinais desta quinta-feira para conhecer seu rival na semifinal. Caso o compatriota Vélez Sarsfield faça a lição de casa contra a Ponte Preta, os dois duelam por uma vaga na decisão. Se a Macaca levar a melhor, terá que fazer confronto brasileiro com o São Paulo e obriga o Vélez a encarar o vencedor do jogo entre Libertad e Itagüí – os paraguaios fizeram 2 a 0 na partida de ida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade