Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

"Mais perto do objetivo", Manoel comemora bom momento do Furacão

Curitiba (PR)

O Atlético-PR conseguiu um importante resultado neste domingo. No fechamento da 32ª rodada, recebeu o Internacional na Vila Capanema e garantiu a vitória por 1 a 0, resultado que colocou o time rubro-negro na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O salto na tabela, no entanto, não mudou o discurso dos jogadores do Furacão, que tratam a Libertadores como prioridade.

Com 55 pontos, o clube paranaense tem 13 a menos do que o líder Cruzeiro, que pode conquistar o título já na próxima rodada – o time mineiro precisa vencer o Grêmio e torcer por um tropeço do próprio Atlético-PR. Desta forma, o pensamento é apenas na conquista da vaga na Libertadores, objetivo que está bem perto de ser cumprido.

“Estamos muito bem no campeonato, todo mundo está se ajudando, se doando. Se estivesse assim desde o começo, com certeza estaríamos brigando com o Cruzeiro, mas eles estão muito longe, temos que pensar no G-4, pois estamos mais perto do nosso objetivo. Estamos lutando para ficar entre os quatro", afirmou o zagueiro Manoel, um do líderes do Furacão em campo.

O defensor lembrou o pífio desempenho da equipe rubro-negra no início do Campeonato Brasileiro, quando o Atlético-PR deu sinais que lutaria contra o rebaixamento na competição. Com a chegada do treinador Vagner Mancini, no entanto, o Furacão mudou sua postura dentro de campo, apresentou um desempenho surpreendente e pulou para a parte de cima da tabela.

Além da boa posição na Série A do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR também tem a chance de chegar a Libertadores pela Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o time comandado por Vagner Mancini volta a campo no segundo jogo das semifinais, contra o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre. Na primeira partida, os paranaenses venceram por 1 a 0.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade