Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Marin lamenta acidente em arena e telefona para Mário Gobbi

São Paulo (SP)

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, emitiu um comunicado em que lamenta o acidente nas obras da Arena Corinthians, nesta quarta-feira. A nota divulgada pela CBF informa que o mandatário “se solidariza também com os parentes dos operários mortos no acidente”.

Adversário político de Andrés Sanchez, que é o diretor alvinegro nas questões do estádio, Marin ainda “telefonou para o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, pondo a entidade à disposição para a prestação de qualquer tipo de assistência que se fizer necessário”.

O presidente da CBF estava na sede da entidade, no Rio de Janeiro, quando foi informado da tragédia. A queda de um guindaste no setor leste do estádio matou dois funcionários: Fábio Luiz Pereira (42 anos) e Ronaldo Oliveira Santos (44 anos).

Antes de Marin, outras autoridades esportivas também se manifestaram sobre a tragédia, como o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o secretário-geral da entidade, Jerome Valcke, que lamentaram as mortes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade