Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Marquinhos confirma atraso no salário dos jogadores e desabafa

Florianóplis (SC)

O meia e capitão do Avaí, Marquinhos, confirmou que o clube ainda não pagou os vencimentos dos dois últimos meses aos elenco profissional. O jogador, no entanto, desabafou ao defender e equipe das acusações de que a situação tem sido refletida em campo, pelo baixo rendimento da equipe nos últimos jogos da Série B do Campeonato Brasileiro.

“O momento é ruim? É. Levantar hipóteses contra esse grupo e dizer que ele não tem caráter, que não tem homens não pode ser dito. Desde fevereiro estamos com os salários atrasados e desde fevereiro nós estamos honrando nossos compromissos. Esse grupo nunca pode ser chamado de mercenário”, afirma.

Após a derrota para o Ceará na última rodada, o Avaí chegou à terceira derrota consecutiva, se afastou três pontos do G-4 e caiu da quinta para a oitava colocação em três rodadas. A equipe foi recebida com hostilidade pelos torcedores no desembarque em Florianópolis.

“Se eu não puder fazer dois jogos abaixo eu não vou ser humano. Vou ser um robô. Mas eu fui o craque do Catarinense e sou um dos melhores da Série B. Já pretendo no sábado fazer um grande jogo e conseguir uma vitória. Mas quando se é a referência, o capitão, o ídolo e se toma uma pancada daquelas, bambeia. Nosso rendimento caiu nos últimos jogos“, ponderou o jogador.

Marquinhos também lamentou a fase do time. “Desde o início a nossa situação foi complicada. A gente não pode nunca respirar tranquilo. O que não podia ter acontecido era esse desequilíbrio que aconteceu nos últimos quatro jogos, em que a gente não marcou nenhum ponto”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade