Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Maxi Rodríguez ainda não se vê pronto para jogar 90 minutos

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A torcida do Grêmio pede a titularidade do uruguaio Maxi Rodríguez. O movimento aumentou após os dois golaços marcados por ele na vitória do Tricolor sobre o Flamengo, no último domingo. O técnico Renato Gaúcho, depois da partida, pediu calma, indicando que o meia não está pronto ainda para jogar 90 minutos. A opinião é compartilhada pelo próprio jogador.

“Creio que ainda falta um pouco para eu jogar bem os 90 minutos. Estou um pouco fora de ritmo, até pelo tempo que fiquei sem jogar. Tenho que esperar, pois o Renato vai saber a hora certa para eu atuar em uma partida inteira”, reconheceu Maxi Rodríguez, após o treino realizado na tarde desta quarta-feira.

“Ele fala que eu devo melhorar a marcação. Estou tranquilo. O treinador pode falar o que quiser. Ele é um grande treinador. O que ele fala eu preciso escutar e guardar”, afirmou o uruguaio. Apesar do tom humilde, Maxi reconhece que jogar pela Celeste é uma ambição. “Sempre quero jogar pela seleção. O Uruguai está muito bem, mas ainda falta um pouco para eu jogar”.

Ainda não há definição se Maxi Rodríguez será titular ou não do Grêmio na partida deste domingo, diante da Ponte Preta. A tendência é que o time entre no 4-3-1-2, com a mesma escalação que bateu Vasco e Flamengo. Neste caso, Zé Roberto seria o articulador. Maxi disputa com Vargas, Barcos e Riveros três das quatro vagas de estrangeiros disponíveis para a partida em Campinas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade