Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Santos joga longe da Vila para tentar aumentar média de público

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Ocupando a 8ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Santos vive realidade oposta no que diz respeito à presença do público nos jogos válidos pela competição nacional neste ano. Com média de 10.348 torcedores, o Peixe ocupa a 16ª posição no ranking, superado por equipes com menor torcida e que brigam contra o rebaixamento, como Bahia, Criciúma e Coritiba.

A média piora se entrarem na conta somente as partidas disputadas na Vila Belmiro. Fossem considerados apenas os números no estádio Urbano Caldeira, o Santos seria ultrapassado pelo Atlético-PR e ficaria à frente somente de Internacional (que tem o Beira Rio em reformas), Ponte Preta e Portuguesa.

Uma alternativa já implantada pela diretoria santista em outros anos foi pouco utilizada em 2013: abrir mão da Vila Belmiro e transferir o mando das partidas para outros estádios, como o Pacaembu, localizado na capital paulista.

Até aqui, foram apenas três partidas nestas condições – sendo somente uma delas no Pacaembu, tradicional alternativa à Vila: uma no estádio Mané Garrincha, em Brasília (despedida de Neymar e jogo com maior público no Campeonato Brasileiro deste ano, com 63.501 pagantes, diante do Flamengo), outra no Pacaembu (13.597 pagantes contra o Bahia) e uma no estádio Paulo Constantino, em Presidente Prudente (diante do Fluminense, com 4.369 pagantes).

Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação SFC
Apesar de contar com cerca de 53 mil sócios-torcedores, Santos tem uma das piores médias de público
Contabilizando a partida em Brasília, a média de público nas partidas mandadas fora da Vila Belmiro sobe para 27 mil torcedores, o que colocaria o Santos na segunda colocação do ranking, atrás apenas do Cruzeiro, que tem média de quase 28 mil pessoas no Mineirão. Por outro lado, se apenas as partidas no Pacaembu e em Prudente entrarem no cálculo, a média santista cai para nove mil torcedores.

Neste domingo, contra o Atlético-PR, o Santos novamente mandará o jogo em outro local – desta vez o estádio escolhido foi o Benedito Teixeira, localizado em São José do Rio Preto e palco da conquista do octacampeonato brasileiro, em 2004. A diretoria santista espera um público maior que o da partida contra o Fluminense, na última rodada, quando apenas 4.369 pessoas pagaram ingresso.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade