Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Mesmo em meio ao Brasileiro, são-paulinos só pensam na Ponte

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O revés por 3 a 1 para a Ponte Preta não sai da cabeça dos são-paulinos. Mesmo às vésperas de enfrentar o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro - competição em que a equipe não tem maiores pretensões -, o foco principal é a partida de volta da semifinal da Copa Sul-americana, na próxima quarta-feira.

"A gente sempre procura conversar, ver o que errou, mas é complicado. Tem que tentar esquecer e colocar a cabeça no lugar", opina Rodrigo Caio. "Não podemos desanimar. Nenhum profissional gosta de perder. Então, temos que manter a calma, porque tem outro jogo, tem mais 90 minutos. Esse jogo está indefinido, e temos plenas condições de reverter isso aí".

Para evitar a eliminação e manter a esperança do bicampeonato no torneio continental, o time treinado por Muricy Ramalho precisa vencer o jogo de volta, como visitante, por 3 a 0 - ou por dois gols de diferença, desde que faça mais do que três gols como visitante, já que foi vazado mais do que o esperado no Morumbi.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Preocupação dos comandados de Muricy Ramalho é a partida da próxima quarta-feira, pela Copa Sul-americana
"Quando se toma gol, o erro é de todo mundo, desde lá da frente. É normal o pessoal de trás levar a culpa, mas tenho certeza de que isso vai melhorar já no domingo. Vamos entrar mais ligados para tomar menos gols", comentou Rodrigo Caio, citando a partida de domingo apenas como motivação para a de quarta.

"Primeiramente, quando a gente entra pra defender as cores do São Paulo, tem que entrar forte, com pensamento sempre de vitoria, independentemente se tem algum proprósito ou não no Brasileiro. Tem que entrar para ganhar confiança, porque na quarta-feira temos um jogo importante", reconheceu.

A escalação para o duelo com o Botafogo, marcado para 19h30 (de Brasília) de domingo, ainda não foi confirmada por Muricy Ramalho. No treino desta sexta-feira, o treinador misturou o elenco em três times de oito jogadores, deixando a definição para sábado de manhã, quando o trabalho será fechado para a imprensa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade