Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Mesmo mais tranquilo, Guto Ferreira pede mais três pontos para Lusa

São Paulo (SP)

A vitória sobre o Atlético-MG, neste domingo, fez a Portuguesa ficar muito próxima da elite do futebol brasileiro. A um ponto da permanência no Campeonato Brasileiro – levando em consideração as últimas edições –, a Lusa precisa de mais, de acordo com o técnico Guto Ferreira.

“A gente quer se salvar o quanto antes. Pode ser que 45 dê, mas isso não garante nada. Agora, uma vitória sobre o Bahia, um adversário difícil, e uma derrota do Coritiba selarão qualquer tipo de situação (de degola)”, disse o treinador em entrevista para a Fox Sports.

De acordo com Guto Ferreira, ele teve que trabalhar o psicológico do time quando chegou ao Canindé, no final de julho. “Fizemos um trabalho de motivação, principalmente de superação. Você pode se entregar e esperar que as pessoas passem por cima de você, ou então se unir e tentar se equiparar”.

Relembrando-se das dificuldades financeiras do clube rubro-verde, Guto Ferreira também falou sobre a sua situação, já que tem contrato até o final do próximo Campeonato Paulista. “Quero terminar o trabalho desse ano e começar a planejar o do próximo. No momento, é o que temos”, analisou.

E é bem provável que o atacante Gilberto, artilheiro da equipe do Canindé, com 14 gols, esteja nos planos. “Vai depender do mercado, que vai dizer se é possível ou não. Aí a gente entra naquele jargão de ‘o futuro a Deus pertence’”, brincou, quando perguntado sobre a situação do comandado.

No domingo, às 19h30 (de Brasília), a Portuguesa medirá forças com o Bahia, mais preocupado com a queda na competição nacional, na Fonte Nova, em Salvador. Ponte Preta, em Campinas (SP), e Grêmio, em São Paulo, serão os compromissos seguintes da Lusa nesta reta final.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade