Futebol/Eliminatórias 2014 - ( - Atualizado )

México finda drama, goleia a Nova Zelândia e se aproxima da Copa

Cidade do México (México)

A torcida mexicana não escondia a decepção com o desempenho da seleção de seu país nas Eliminatórias da Concacaf, mas voltou a respirar mais aliviada nesta quarta-feira. Depois de esquecer o favoritismo e não conquistar a vaga direta, o México reencontrou o bom futebol diante da Nova Zelândia e venceu por 5 a 1 no primeiro confronto da Repescagem intercontinental, realizado no Estádio Azteca. Sendo assim, a equipe da América do Norte pode perder até por três gols de diferença na Oceania para confirmar sua 15ª participação na Copa do Mundo.

Para espantar a má fase atravessada ao longo das Eliminatórias da Concacaf, que culminou na disputa das Repescagem, o México pressionou a Nova Zelândia desde o início do jogo. A equipe da Oceania tentava segurar o ímpeto dos donos da casa, mas antes que o torcedor mexicano pensasse que o drama não teria fim, os anfitriões conseguiram furar o bloqueio adversário e balançaram as redes.

O primeiro gol da partida saiu aos 31 minutos. Após uma confusão na área da Nova Zelândia, a zaga do time visitante não conseguiu afastar e a bola sobrou para Aguilar. O lateral emendou o chute, a bola ganhou velocidade e o goleiro Moss na pôde fazer. O placar estava inaugurado no Estádio Azteca.

Mesmo com a vantagem, o México seguiu com sua postura ofensiva, voltou a pressionar os visitantes e ampliou o marcador antes do intervalo mostrando força também na bola parada. Aos 41 minutos, Medina sobrou escanteio para o meio da área, Raúl Jimenez se aproveitou da falha de marcação e apareceu sozinho para cabecear e fazer o segundo da seleção mexicana.

AFP
Pressionada, a seleção mexicana não tomou conhecimento da Nova Zelândia e ficou bem perto da Copa do Mundo
O drama, portanto, parecia ter chegado ao fim, mas os jogadores do time da casa preferiram não dar espaços para o azar. Logo no início da segunda etapa, aos dois minutos, os anfitriões marcaram o terceiro no Estádio Azteca. A jogada saiu pelo lado esquerdo do ataque, Montes recebeu dentro da área e fez o cruzamento rasteiro. Peralta mostrou oportunismo, saiu entre os zagueiros e desviou para o gol.

A equipe casa realmente estava com fome de bola, ciente de que precisava espantar a má impressão deixada anteriormente e assim fez mais um para fechar a goleada. Aos 35 minutos, depois de servir Peralta no terceiro gol, Layún cruzou na medida para o atacante, que cabeceou com estilo dentro da área e marcou um belo gol.

Desta forma, o placar parecia estar definido, mas ainda tinha mais. Dois minutos após o quarto, o México fez o quinto em mais uma cobrança de escanteio, na qual o experiente Rafa Márquéz desceu ao ataque e ampliou a vantagem. O gol de honra da Nova Zelândia saiu aos 40 minutos do segundo tempo, quando James balançou as redes.

Com a vitória por 5 a 1, o México está próximo de colocar fim a um pesadelo vivido pelo país ao longo das Eliminatórias: o risco de ficar fora da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. Agora, a equipe da América do Norte pode perder até por três gols de diferença no segundo jogo contra a Nova Zelândia, que será realizado na Oceania, na próxima quarta-feira, às 4 horas (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade