Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Muricy culpa cansaço: “Deveria ter tirado todos que foram à Colômbia"

Curitiba (PR)

Muricy Ramalho assumiu a culpa pela derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR. O técnico do São Paulo acredita que errou na escalação não de forma tática, mas por desvalorizar o desgaste dos titulares, que se esforçaram até o último minuto do jogo de quarta-feira para segurar o 0 a 0 com o Atlético Nacional, em Medellín, e voltaram para casa no dia seguinte, encarando dois dias depois a viagem para o Paraná.

“Eu deveria ter tirado todos que foram para a Colômbia. Achamos que dava para jogar, mas era impossível pela sequência de jogos e viagens. Foi uma loucura”, comentou o treinador, ressaltando o empenho de seus comandados para garantir durante a semana a classificação para as semifinais da Copa Sul-americana.

“Não havia igualdade no condicionamento físico. Ainda mais no estilo de jogo de hoje, em que esticam a bola e saem correndo, precisávamos da parte física apurada. Sentimos mais o desgaste”, afirmou o técnico, explicando o sucesso do Furacão em suas investidas velozes no ataque ao longo da partida.

Durante sua entrevista coletiva, Muricy se irritou ao ser questionado se pediu aos comandados que abdicassem do ataque para ter a posse de bola e evitar uma goleada. Em relação ao adversário, contudo, a supremacia neste domingo.

“O Atlético-PR foi superior, vive um bom momento e, com certeza, merece estar onde está. E mereceram ganhar hoje (domingo)”, afirmou Muricy, lembrando que o Atlético-PR é vice-líder do Campeonato Brasileiro e finalista da Copa do Brasil.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Técnico se irritou por ter que explicar bronca que deu em Antônio Carlos e assumiu a culpa pela derrota

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade