Futebol/Amistoso - ( - Atualizado )

Neymar compara jogo a UFC e mostra marcas: "Consegui sair vivo"

Miami (Estados Unidos)

Caçado enquanto esteve em campo na vitória por 5 a 0 da Seleção Brasileira sobre Honduras, Neymar publicou fotografias de marcas em suas pernas. “Bela vitória! Consegui sair vivo. UFC”, era o texto que acompanhava as imagens dos hematomas.

Violentos em toda a partida, os jogadores hondurenhos reservaram especial crueldade para o atacante, levando apenas três cartões amarelos do árbitro canadense David Gantar. Terminado o confronto, vários atletas foram reclamar com o juiz por permitir as entradas ríspidas.

Cansado de ver Neymar apanhar, Luiz Felipe Scolari o substituiu após o terceiro gol verde-amarelo, com a vitória já definida. Após o apito final, o camisa 10 ainda foi discutir com Peralta, um dos que o acertaram no nem tão amistoso jogo no Sun Life Stadium.

O atacante pode ter forçado a barra em algumas jogadas, mas realmente apanhou demais. Não se justificaram os gestos feitos pelos hondurenhos indicando que o craque estava se atirando no chão nem colaram as declarações do técnico Luis Fernando Suárez.

“Não entramos em campo para provocar o Neymar, mas para enfrentar a equipe do Brasil. Ele gosta desse tipo de jogo, de forçar os lances. Sobre as declarações dele, não tenho nada a dizer. Não tenho que falar disso”, afirmou o treinador.

Reprodução/Instagram
O atacante Neymar comemorou o fato de ter saído vivo do (nada) amistoso com Honduras

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade