Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Paraná joga últimas fichas pelo G-4 diante da Chapecoense

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Com mais sorte do que juízo, especialmente após a última rodada quando perdeu para o Boa Esporte após abrir uma vantagem de dois gols no placar, mas viu os adversários diretos tropeçarem, o Paraná Clube enfrenta a Chapecoense, neste terça-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Capanema. É mais um confronto decisivo na luta pelo G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, que entrou em sua reta final.

O Tricolor não deve ter muitas mudanças em relação ao time que caiu em Minas Gerais. O técnico Dado Cavalcanti não poderá contar com o zagueiro Alex Alves, que cumpre suspensão automática. Brinner será o substituto, já que Anderson segue se recuperando de lesão. Luisinho e Reinaldo, duas boas opções para dar nova movimentação ao ataque, dependem do aval do departamento médico, mas dificilmente terão condições de atuar.

O treinador paranista acredita que essas serão as últimas fichas jogadas pelo time na luta pelo acesso, dando um clima de final ao jogo. “Temos um jogo em casa e só interessa a vitória. Se não vencermos em casa não temos chance, independemente dos pontos necessários que levam a equipe ao G-4. Não vencemos nas últimas partidas e tivemos chances para isso. Contra Atlético-GO, contra Boa, Palmeiras”, avaliou.

Arte GE.Net
A Chapecoense tenta segurar a ansiedade, evidente na série de empates da equipe, que está próxima de confirmar seu acesso. Uma vitória em Curitiba deixa o time com um pé na Serie A, mas a expectativa para que isso se confirme terá que ficar com a torcida. O técnico Gilmar Dal Pozzo espera que o resultado positivo quando vier, aconteça naturalmente e blinda o time da pressão.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ X CHAPECOENSE

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 12 de novembro de 2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

PARANÁ: Luis Carlos; Roniery, Edimar, Brinner e Henrique; Ricardo Conceição, Edson Sitta, Lucio Flavio e Moacir; Paulinho Oliveira e JJ Morales
Técnico: Dado Cavalcanti

CHAPECOENSE: Nivaldo; Fabiano, Rafael Lima, Dão e Radar; Wanderson, Paulinho Dias e Nenén; Soares, Potita e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade