Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Pato simplifica reações de torcedores depois de converter pênalti

Araraquara (SP)

Em um dia, Alexandre Pato bate um pênalti com uma “cavadinha” e decreta a eliminação do Corinthians da Copa do Brasil. Em outro, converte uma cobrança aos 45 minutos do segundo tempo e garante uma importante vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, no Campeonato Brasileiro.

Foi esse mesmo raciocínio simplista que Pato usou para definir as diferentes reações dos torcedores – parte deles reconquistada neste domingo, na Arena Fonte Luminosa. “Em um dia, eles me vaiam. No outro, aplaudem”, resumiu, sendo cumprimentado até por adversários.

O goleiro Diego Cavalieri, que não alcançou o chute de pênalti de Pato, foi um dos que saíram em defesa do astro do Corinthians. “O mundo caiu nas costas dele por um pênalti. O nosso país é assim: todo o mundo fala que você não vale nada depois de um erro. Hoje, sabia que ele estaria tenso e por isso e tentei esperar a cobrança, mas foi um chute firme, sem chances para mim”, comentou o jogador do Fluminense.

Divulgação/Agência Corinthians
Pato quis ouvir a torcida ao invés de cruzar os dedos no rosto na comemoração (foto: Daniel Augusto Jr.)
Para o atacante Emerson, que deixou o pênalti deste fim de semana para Pato bater, seu colega “limpou a alma”. “Ele sabe que cometeu uma falha grave, mas é um ser humano e estava sujeito a isso. O importante é continuar trabalhando, insistindo. A gente queria que ele desse a volta por cima”, afirmou.

Pato preferiu limpar a alma sem a camisa do Corinthians. Acostumado a comemorar seus gols com os dedos cruzados no rosto, desta vez o atacante jogou o uniforme no gramado, colocou a mão na orelha para ouvir a torcida e abraçou companheiros de time.

“Em todas as vezes em que joguei como titular, fiz gol. Os números falam por mim”, bradou Alexandre Pato, orgulhoso, esquecendo-se de que já passou em branco quando era escolhido pelo técnico Tite para iniciar em campo nos jogos do Corinthians.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade