Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Perto de sair, Luis Felipe dá até entrada em treino, mas pode não jogar

William Correia São Paulo (SP)

Entre os possíveis desfalques do Palmeiras por questões físicas para enfrentar o Boa, neste sábado, Luis Felipe vive uma situação peculiar. O lateral direito, que está próximo de confirmar sua saída do clube, ficou fora dos dois últimos jogos por conta de dores nas canelas, mas tem treinado normalmente desde a semana passada e até deu entradas em companheiros nesta quinta-feira.

Nesta tarde, o jogador participou normalmente de todas as atividades do grupo, assim como antes dos duelos diante de Joinville e Paysandu. Durante atividade técnica que dividiu o elenco em dois times, ele deixou dois colegas no gramado por conta da força de suas divididas. Mesmo assim, sua presença na próxima rodada ainda é incerta.

A saída de Luis Felipe está próxima de ser concretizada e Gilson Kleina promete escalá-lo somente enquanto enxergar comprometimento do comandado com a camisa do Palmeiras. Desde a declaração do técnico, o lateral foi titular contra o Paraná e, naquela partida, reclamou das dores nas canelas que o tiraram dos relacionados nas duas últimas rodadas.

Luis Felipe tem contrato até março, mas pode sair antes por conta de um erro da diretoria. No início deste semestre, o lateral entrou em acordo para ampliar seu vínculo até dezembro de 2014, mas o Verdão errou a digitação, deixando o fim do contrato para dezembro de 2013. Desde então, o jogador firmou-se como titular e pediu salário bem maior do que o combinado anteriormente.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Fora dos dois últimos jogos por dores, Luis Felipe tem treinado normalmente e não poupou colegas de entradas duras
Diante da dificuldade para efetivar a prorrogação do contrato, os representantes de Luis Felipe o querem em outro clube a partir de janeiro – a intenção é negociá-lo com o Benfica, de Portugal. O desligamento só não foi efetivado ainda porque o Palmeiras tenta compensar seu vacilo em busca de alguma quantia financeira, mesmo sabendo que o atleta já pode assinar um pré-contrato e sair de graça em março.

Já Charles tem contrato até 31 de dezembro e perdeu os últimos jogos por conta de uma amigdalite, mas voltou a treinar na segunda-feira e só não viajou para enfrentar o Paysandu por falta de ritmo. O volante emprestado pelo Cruzeiro, contudo, quer continuar no Palmeiras e deve ser relacionado para a partida contra o Boa.

Já Vilson também fica sem contrato no final do ano e não está tão próximo de um acordo para ficar. Nas últimas semanas, alegou sentir tendinite no joelho esquerdo e não tem nem aparecido no gramado, tornando-se desfalque quase certo contra o Boa. O mesmo ocorre com Léo Gago, com dor na coxa direita e contrato até o final do ano.

Entre os machucados, continuam vetados Wesley, que trata de pancada no joelho esquerdo, Vinicius, vítima de frequentes dores no tornozelo direito há três meses, e Mendieta, ainda em recuperação após operar o joelho esquerdo no mês passado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade