Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Ponte Preta e Vélez duelam por vaga na semifinal da Sul-americana

Buenos Aires (Argentina)

Fundada em 11 de agosto de 1900, a Associação Atlética Ponte Preta jamais conquistou um título internacional em seus 113 anos de história. Em busca de encerrar este jejum, o clube campineiro mede forças com Vélez Sarsfield, nesta quinta-feira, às 20h45 (de Brasília), no estádio José Amalfitani, em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-americana.

Após empatar com o time argentino por 0 a 0 no estádio Moisés Lucarelli, na última quinta-feira, a equipe alvinegra garante vaga na sequência do torneio em caso de qualquer vitória. Se conquistar um empate com gols, a agremiação brasileira também estará classificada para as semifinais da competição continental. Mesmo com essas possibilidades, o elenco comandado pelo treinador Jorginho não espera por facilidade em Buenos Aires.

“A expectativa é de um jogo difícil, assim como foi em Campinas. A equipe deles é bastante qualificada e pouparam os jogadores no Campeonato Argentino para esta partida. Eles estão depositando tudo nesta competição”, afirmou o lateral esquerdo Uendel, titular em cinco partidas nesta edição do torneio continental.

Para o confronto desta quinta-feira, o técnico Jorginho não contará com o meio-campista Fellipe Bastos e também com o zagueiro Ferron por causa de problemas físicos. Artilheiro do time alvinegro nesta temporada, o centroavante William segue em fase de recuperação de lesão muscular de grau um na coxa direita. O camisa 10 Adrianinho, por sua vez, está confirmado.

“O time deles é bom, toca muito bem a bola. O nosso é diferente neste sentido, toca menos, mas agride mais. Temos que estar bem atentos à marcação para não sofrer gols no começo e beliscar um golzinho que vai deixá-los preocupados”, completou o meio-campista.

Já o Vélez Sarsfield chega ao confronto com time brasileiro embalado por série invicta de três partidas no Campeonato Argentino (duas vitórias e um empate). Atualmente na décima colocação na tabela de classificação da competição nacional, o clube de Buenos Aires empatou por 1 a 1 com o Quilmes, neste domingo, em partida que o treinador Ricardo Gareca poupou alguns titulares.

“Será uma linda partida para jogar e vamos propor nosso estilo de jogo. Não temos que entrarmos em campos loucos para fazer o gol. Devemos ser cautelosos também e permanecermos concentrados por 90 minutos”, encerrou o volante Héctor Canteros.

Em outro confronto importante desta quinta-feira, Libertad (Paraguai) e Itaguí medem forças por vaga nas semifinais, às 23h15 (de Brasília), no estádio Ciudad de Itagüí. No primeiro embate, o time paraguaio triunfou por 2 a 0.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade