Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Presidente agradece à torcida, à comissão técnica e a elenco por tri

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, comemorou bastante o tricampeonato brasileiro do clube celeste e fez questão de agradecer pelo apoio recebido, principalmente da torcida, mas não se esqueceu dos jogadores e da comissão técnica. Dentro de campo, o time encantou o Brasil apresentando um futebol envolvente, que garantiu o título com quatro rodadas de antecipação.

“Gostaria de dirigir uma palavra de agradecimento a essa maravilhosa torcida do Cruzeiro, que é uma das coisas mais bonitas que já vi. A torcida do Cruzeiro é a mais apaixonada do Brasil, a que torce mais bonito, que faz as coreografias mais interessantes entre todas as torcidas do nosso país, é a que canta mais bonito, como se estivesse todo mundo ensaiado a mesma música, torcendo com aquele entusiasmo que a gente não vê em nenhum outro lugar do mundo”, disse Gilvan Tavares, que prosseguiu elogiando a torcida.

“A torcida do Cruzeiro foi fator fundamental para o comportamento do nosso time nos jogos no Mineirão. O Cruzeiro se tornou imbatível no Mineirão por causa da nossa torcida. Os nossos jogadores se sentem obrigados a render muito mais que o jogador comum consegue render com aquele entusiasmo que a torcida transmite a eles. Gostaria de deixar à nossa torcida o meu agradecimento, porque ela foi o 12º jogador do Cruzeiro, que nos levou a esse título”, declarou.

O mandatário celeste ainda teceu elogios à comissão técnica cruzeirense. “Um agradecimento muito profundo também aos membros da comissão técnica, que tanto se empenharam, tanto se dedicaram, que treinaram tão bem essa nossa equipe maravilhosa, que tantas alegrias nos deu esse ano, que fez gerar esse entusiasmo na torcida do Cruzeiro, com o futebol refinado, de toque de bola, para a frente”, comentou o presidente, não se esquecendo dos atletas.

“Foram verdadeiros guerreiros dentro de campo e souberam defender as cores do Cruzeiro com tanta galhardia, com tanto entusiasmo. A gente enxerga em cada um deles o prazer de estar jogando no Cruzeiro, o prazer de envergar esse uniforme azul e branco. Isso nos fez chegar ao ápice nessa competição. Nós estamos hoje comemorando o tricampeonato brasileiro, coisa que poucas equipes no Brasil conseguiram”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade